Bandas de garagem

O senhor Comendador Berardo parecia que estava numa barraca da queima das fitas, a servir “shots” de aguardente de arroz. Recitou o Sutra Diamante, mas ninguém percebeu. Ali ninguém percebe nada. Nem sequer foram ao Bombarral.

O maior.