O barulho das luzes

Depois de, segundo as suas próprias palavras, ter passado o tempo das megalomanias com o dinheiro do povo, o autarca de Gaia aumenta em 1254% (mil duzentos e cinquenta e quatro por cento) o gasto da Câmara Municipal de Gaia com luzes natalícias. São cerca de 300 mil euros de dinheiros públicos gastos em lâmpadas e outros ornamentos, a menos de um ano de eleições autárquicas, por um município que ainda há pouco se dizia em pré-falência. Este valor representa mais do dobro do que anunciou a Câmara Municipal do Porto, que irá gastar 137 mil euros.

É por este motivo, e outros semelhantes, que se torna muito difícil de compreender a intenção manifestada pelo actual governo de isentar os autarcas de qualquer responsabilidade financeira na gestão das Câmaras Municipais.