O discurso do embaixador Ernesto Araújo

O embaixador Ernesto Araújo tomou posse como Ministro de Estado e das Relações Exteriores do Brasil. O seu discurso inaugural é um documento que merece atenção por vários motivos, sendo que alguns desses motivos não são óbvios. Um deles é o facto deste discurso remeter para o berço civilizacional e filosófico do Ocidente, qualquer coisa com vinte e cinco séculos. Ao contrário do que possa parecer, o Brasil não anda propriamente a brincar ao Whatsapp e às Fake News, sendo um erro clamoroso, a avaliar pela amostra, subestimar a qualidade dos escolhidos de Bolsonaro. Por cá não temos nada parecido.

%d bloggers like this: