NES, ouve as minhas preces


Se um dia alguém perguntar por ti
Diz que vivi para te ver falhar
Antes de ti, pior nunca vi
Fraco e sem nada para dar

NES, ouve as minhas preces
Quando é que desapareces, estou farto de ti
Eu sei que não sais sozinho
Talvez, devagarinho, possas voltar ao desemprego

Se o teu coração não quiser ceder
Não sentir paixão, não quiser sofrer
Sem fazer planos do que virá depois
É começar a chamar pelo nome os bois.

(Música de Luísa Sobral, letra do RicardinhoO do Portal dos Dragões)