O Tarrafal nunca existiu

Chegada a Portugal dos restos mortais dos presos políticos falecidos no Tarrafal (1978). Autor desconhecido, reeditada a partir de um recorte de jornal encontrado no Facebook

Comments

  1. Maria Silva says:

    Estive lá à porta há uns meses e simplesmente não consegui entrar e mal olhei e não fotografei mas fiz muitas perguntas de mim para mim. Como é que foi possível? Se calhar sim, nunca existiu.


  2. Eu estive no Tarrafal, já desactivada, e vi reportagem depois de 1975 já em Lisboa com uma descrição de que lembro as imagens mas não o que foi dito
    a prisão do Tarrafal tanto quando recordo é um edifício mínimo – tenho fotografias que fiz comido empoleirada no tecto – quem diz que nunca existiu não esteve onde eu estive
    E se a terra (à beira mar) é pequenina – e tem uma bela Igreja Barroca, tarrafal como orsão (frigideira) existiu
    estive lá em 1965/66 e em 1983
    Ilha de Santiado – e fica numa área agrícola de muito boa terra, cmada “Terra Boa” sobre a qul li uns calhamaços feitod por Holandeses que era um disparate – holandeses em cabo verde é para rir – eram vários volumes que tive de estudar (1965/66) e estão arquivados na biblioteca da cidade da Praia no plateau da Ilha de Santiago onde vivi

  3. Sergio Andre says:

    Propaganda comuna no seu melhor…

  4. Iggypop51 says:

    Contas por alto dá um por ano. Morte por velhice na prisão. 🙁

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.