Situações que irritam qualquer treinador

Minuto 4:32 – Zlatan Ibrahimovic entra na área pelas costas do jogador que lhe estava a fazer oposição. O médio ala norte-irlandês (nº8) vê a entrada na área do sueco e comunica à defesa (de costas para o sueco) que Zlatan entrou na área. Não marca o sueco (nem é de sua competência) mas também não é rápido a sair na pressão a Ander Herrera assim que Anthony Martial varia o jogo para a direita. O sueco passeia-se pela área sem ninguém lhe prestar atenção.

Dá-se o desconto pelo facto da situação ter acontecido aos 86″ quando o cansaço físico e psicológico dos jogadores do Southampton já era por demais visível. Mas, ignorar o perigo que representa Zlatan, ainda para mais nos últimos minutos de uma final, momento em que as equipas têm que possuir 200% de cautela?

Marco Verrati, o cérebro do cavalão de Unay Emery

O meu destaque do fim-de-semana futebolístico vai para a goleada do Paris Saint Germain em Marselha no grande clássico do futebol francês. A vitória por 5-1 dos parisienses frente aos marselheses de Rudy Garcia, uma equipa e um treinador que ainda procuram construir um elenco minimamente competitivo (mesmo apesar de terem conseguido resgatar o seu maior ícone Dimitry Payet; falta-lhes claramente uma defesa mais coesa) confirma a excepcional subida de forma de forma da turma comandada pelo espanhol Unay Emery depois de uma primeira metade de temporada mais complicada do que aquilo que era previsto no início da temporada.

[Read more…]

É este o traste que quer ser presidente do Sporting?

Fiquei incrédulo. O meu clube não é assim nem nunca foi constituído por gente assim.

Que falta a Madeira Rodrigues um pouco de ética e um pouco de noção de respeito já todos ficámos a saber na quinta-feira. A “sova” não foi mais do que um conjunto de insinuações reles, do mais baixo possível, sobre a família, sobre as empresas falidas, sobre o José Maria Ricciardi, sobre os rendimentos passados e presentes do presidente. Que lhe faltam ideias para além do Delfim (pergunta-se: que experiência tem o Delfim para as funções que lhe vão ser confiadas?), do Boloni e da bancada (construída em 2 meses, vejam lá só) também já todos tínhamos ficado a saber. Aposta na formação? Desde quando é que o Sporting deixou de apostar na formação? Que lhe falta um bocado de noção da realidade financeira (Madeira Rodrigues vende a uma data de personalidades a realidade do clube que não existe porque desconhece profundamente os números) também já todos sabíamos.

Desconhecíamos porém esta postura arrogante, egocêntrica, sobranceira, soberba, completamente desrespeitadora perante o sócio que lhe queria falar e até, arrisco-me a dizer, de uma pessoa completamente desequilibrada.
Não, o Sporting é uma instituição demasiado importante para uma pessoa deste calibre.

Quantas mais vezes terá que vencer Rui Costa para ser destaque na imprensa portuguesa?

É português, é um dos desportistas mais consagrados do desporto português da actual geração, já foi campeão do mundo de estrada (foi o único português a conseguir o feito), já venceu por 3 vezes a geral da prova que serve de antecâmara ao Tour de France, a Volta à Suiça, já venceu etapas no Tour entre outras vitórias em etapas em várias provas, e anda sempre a lutar pelas vitórias nas clássicas da primavera, em especial, na Flèche Wallone, na Liège-Bastone-Liège e na Amstel Gold Race. É chefe-de-fila absoluto das equipas por onde passa há 4 anos.

Ontem, Rui Costa voltou a vencer, desta feita na Volta à Abu Dhabi, prova categorizada como World Tour (a categoria máxima do ciclismo mundial) na média montanha, derrotando a nata dos trepadores da actualidade, ou seja, Contador, Aru, Quintana, Dumoulin, Zakarin, Samuel Sanchez, Bauke Mollema, entre outros, arrebatando a liderança da prova. O que é que o ciclista português terá que fazer para ser primeira página de um jornal português?
[Read more…]

Foi você que pediu um título feminino para o Sporting?

sporting-3

Sim, para a mesa do canto se faz favor. À falta de melhores argumentos, de um certo brio e de um certo amor à camisola que se veste, quando por exemplo vemos um Rui Patrício fazer um frete na homenagem que lhe foi prestada na semana passada a propósito dos seus 400 jogos com a camisola do Sporting ou quando vemos no final de cada partida em Alvalade uma interacção nula entre os jogadores e os adeptos nos habituais cânticos finais que as claques fazem para elevar a moral dos jogadores, são as senhoras quem estão a colocar o Sporting sempre na frente.

[Read more…]

Golo da semana

Vale por tudo: pela execução técnica do remate, pela forma em como Braga manietou 6 jogadores com a sua acção e pela inteligência demonstrada por Perdigão.

A importância do plano mental no futebol

Aconteceu ontem no Artemio Franchi para mal dos pecados da equipa italiana e de Paulo Sousa, um treinador que parece estar, depois de muitos avanços e recuos por parte da direcção do clube de Firenze, mais próximo da porta de saída mais pela irregularidade nos resultados do que pelo futebol mais ou menos vistoso que a Viola pratica.
[Read more…]

No futebol, infelizmente é assim

O Leicester despediu Claudio Ranieri. Infelizmente é assim: no futebol, os bestiais rapidamente passam a bestas. A ver vamos se o “quase” despromovido que passou a campeão não passará em breve novamente à condição de despromovido.

Erros que se pagam caro

danilo

Créditos: Alberto Fernandes – zerozero.pt

Danilo Pereira está um senhor jogador. Para além de todo o trabalho defensivo que faz e que não é pouco nesta estratégia de bloco defensivo baixo de Nuno Espírito Santo, o treinador do Porto está a conseguir transformar em definitivo o médio num jogador muito completo. Exemplo disso foi a transformação feita no jogador no capítulo do passe, procurando sempre que recupera a bola lançar os companheiros no contra-ataque com verticais passes de ruptura

Vitória justa da Juventus? Aceita-se. Não é possível escamotear a verdade dos factos: os bianconeri dominaram grande parte da partida, tiveram mais posse de bola e construíram 90% das oportunidades de golo da partida. Por demérito essencialmente de um jogador: Alex Telles. Com duas paragens cerebrais inconcebíveis para este nível, o lateral esquerdo brasileiro (jogador que anda longe de me convencer ao contrário de Miguel Layún) ofereceu o domínio de um jogo até então bastante equilibrado aos italianos e demonstrou mais uma vez que não acrescenta qualidade a esta equipa do Porto.
[Read more…]

Isto é Champions!

Dois jogos, 14 golos, muita emoção, voltas e reviravoltas, estádios cheios, pormenores técnicos do outro mundo e 2 partidas muito ricas no plano táctico. Carrego, pauso, carrego, respiro: isto é Champions!

Começo pelo jogo de Manchester.

[Read more…]

A inteligência, criatividade e qualidade de passe de Christian Eriksen

O meu destaque da semana futebolística vai para o médio dinamarquês do Tottenham Christian Eriksen. Presente nos 3 golos do Tottenham frente ao Fulham (Championship) no jogo a contar para os oitavos-de-final da FA Cup, o médio dinamarquês demonstrou mais uma vez todo o seu talento e a razão que me leva a apreciá-lo desde os tempos em que jogava no Ajax.
Se Harry Kane é actualmente um dos melhores pontas-de-lança da Premier League e do futebol europeu, o internacional inglês muito o deve à sala de máquinas que trabalha na sua rectaguarda para lhe proporcionar as melhores oportunidades de golo possíveis. Falo portanto  de jogadores como Seung Heung-Min, Christian Eriksen, Marco Dele Ali, Erik Lamella, Moussa Sissoko ou do enérgico e raçudo lateral direito da equipa londrina Kyle Walker.

[Read more…]

Mais uns fatinhos

Eu escrevi aqui umas coisinhas.

— Rodolfo Reis, 5/7/2015

Parris — now he’s out with it: There is a party in this church. l am not blind; there is a faction and a party.

[…]

Danforth: But witchcraft is ipso facto, on its face and by its nature, an invisible crime, is it not?

— Arthur Miller, “The Crucible

Is The Crucible the ultimate post-truth play?

Douglas Rintoul

A vitória acaba por ser justa. […] É um golo estrambólico.

— Rodolfo Reis, 19/2/2017

***

dre202017

***

E agora, Madeira Rodrigues?

Com Marcelo Bielsa a assinar pelo Lille para a próxima temporada, como é que vais descalçar essa bota?

Pormenores que fazem toda a diferença

pedro-santos

Créditos Jornal O Jogo

A importância de ter jogadores capazes de resolver jogos difíceis quando o colectivo não é suficiente. É a frase que ajuda a resumir o papel de Kostas de Mitroglou na suada vitória do Benfica em Braga, num jogo em que o empate se justificava mais que a vitória dos encarnados pela excelente primeira parte que o Braga realizou no plano ofensivo, pelo interessante e comprometido empenho dos bracarenses no plano defensivo, exceptuando num ou noutro lance em que o seu lateral esquerdo Marcelo Goiano tremeu (no lance do golo, o lateral do Braga poderia ter abordado o lance com mais assertividade) e pelas  grandes exibições realizadas por Assis, Battaglia, Pedro Santos e Rui Fonte.

Grande jogo em Braga, grande ambiente, futebol de velocidade, de ataque e resposta e de entrega total dos jogadores ao jogo, devidamente arbitrado por um Luís Ferreira que a meu ver só pecou por uma vez no primeiro tempo ao não assinalar uma grande penalidade a favor do Benfica por carga (com recurso aos braços, completamente fora de tempo) de Rosic a Toto Salvio.

Carlos Lopes fez 70 anos

O Benfica está indignado – IV

Quando é que o Ministério Público entra em campo?

soares

O Fernando e o João  estão indignados com a resposta do Benfica  em relação ao jogo de ontem do Porto contra o Tondela. O Fernando e o João têm razão para estar indignados com o que se passou em alguns jogos do Porto na 1ª volta deste campeonato porque efectivamente ficaram alguns lances capitais por marcar que retiraram pontos ao Porto. No entanto, a partir do que se passou no passado dia 5 de Janeiro, é caso para fazer jus à Raínha Santa Isabel de Coimbra para dizer “São Rosas, senhor, São Rosas” e o gif do lance em epígrafe é um dos exemplos: como é possível transformar um puxão do Soares na camisola do defesa do tondela em penalty e amarelo e uma agressão do Soares ao mesmo jogador num segundo amarelo para o pobre Osorio? – [Read more…]

Ah! A indignação (porque hoje é sábado)

A vida é mesmo assim: o Benfica está à espera que os jogadores do [F.C.] Porto falhem.

— Rodolfo Reis, 12/2/2017

O meu erro marcou, eventualmente, o título nacional

— Proença, o peremptório

***

Fernando e João, espero que o lance decisivo do campeonato 2016/17 seja este excepcional cruzamento do André Horta, com espectacular golo do Lisandro.

Efectivamente:

Horta vai levantar, segundo poste… golooooooooooo! Benfica! Grita que é golo! Liiiiiiiiiiisandro! Goooooooooooooooooooooolo! Benfica! Lisandro López, nas alturas, a golpear da direita do ataque do Benfica, para o lado contrário. Casillas voou, mas a bola está no fundo das redes.

tenor
Siga. Abraços e um óptimo fim-de-semana.

Sobre a mais recente indignação no universo futebolístico português

O Benfica está indignado? O Porto também, Fernando. Acho que era de aproveitar a onda e exigir a abertura de uma comissão de inquérito para esclarecer esta pouca-vergonha.

P.S: As imagens/repetições que vi durante o jogo de ontem não foram conclusivas. Pelo menos no calor do jogo, que não as voltei a ver. Mas digo-o, sem grandes rodeios, que o penalti que deu origem ao primeiro golo do Porto me pareceu uma grande treta. Não obstante, quer-me parecer que, na presente temporada, ainda temos saldo positivo.

O Benfica está indignado.

Hoje há missa no Jamor

Portugal vs Polónia – 2ª Jornada do Rugby Europe C, Campo de honra do Estádio Nacional do Jamor, 14h, transmissão na Sporttv.

O poder de uma ameaça

Um puxão na camisola do adversário vale um penalty e amarelo para o jogador puxado. Uma projecção com o braço à frente vale o segundo amarelo para o mesmo jogador. Até contra o Tondela. Até contra o modesto Tondela.

O rolo compressor do Bayern, a desgraça de Arsène Wenger e um par de notas sobre uma jornada de Champions quase perfeita

Uma 2ª parte de sonho para a equipa de Carlo Ancelotti permitiu ao Bayern despachar mais uma vez o Arsenal (o Bayern é efectivamente a besta negra de Arsène Wenger nas competições europeias) e garantiu uma viagem tranquila a Londres para o jogo da 2ª mão daqui a 15 dias. Com um futebol demolidor, o golo do polaco teve o dom de desbravar caminho a uma goleada muito trabalhada, num jogo muito difícil para os bávaros no primeiro tempo em virtude da pressão alta executada e do prático futebol demonstrado pelos gunners.

[Read more…]

Jornalista ao poste, jornalismo ao lado…

captura-de-ecra-2017-02-15-as-17-43-00

A história é simples: uma jornalista vai pela rua a tentar entrevistar Jorge Nuno Pinto da Costa. Este vai ao telefone e a ignorar a senhora. Ela, cumprindo a sua função, continua a fazer perguntas e mais perguntas. Até que um poste se atravessa no caminho e a senhora vai contra ele. E o que faz logo a seguir, em directo para o seu canal (CMTV), acusa Jorge Nuno Pinto da Costa de a ter empurrado/agredido…Sem se rir.

Por acaso toda a situação estava a ser filmada em directo. Por acaso todos vimos o que aconteceu. Por acaso a senhora foi contra o poste porque nem reparou que o dito estava ali, no meio do passeio. Se assim não fosse, estávamos todos a discutir os direitos dos jornalistas e a vergonha para o FC Porto de ter um presidente que agrediu uma jornalista.

Por acaso vários órgãos de comunicação social estão a dar a notícia de que Pinto da Costa insultou a jornalista sem se darem ao trabalho de colocar/explicar o que se passou segundos antes. Por acaso é com o FC Porto.

Por acaso eu não acredito em acasos. Porque é sempre assim. A diferença é que desta vez foi filmado. Todos vimos. Mesmo que alguns teimem em fazer de conta que não viram.

A noite em que Ederson foi a muralha vermelha

ederson

O futebol, por mais voltas e manobras que possamos arranjar nos números das estatísticas, é uma ciência exacta: vence quem marca mais golos que o adversário. Quem é mais eficaz à frente da baliza, vence. E o Benfica foi mais eficaz que o Dortmund. Não se trata de felicidade, felicidade que também existiu mas sim de eficácia: nas duas oportunidades que os encarnados tiveram durante os 90 minutos, marcaram numa. Em 11 oportunidades de golo construídas pelos jogadores do Borussia, nenhuma delas se materializou. O resto? Bem, o resto foi Ederson, coração, alguma sorte à mistura, o carácter perdulário dos alemães e duas gigantes exibições de Luisão e Nelson Semedo no sector defensivo encarnado.

[Read more…]

André Gomes, o falso tudo!

«Preferia ter o meu próprio estilo, mas acho que sou um misto dos dois. Iniesta e Rakitic são uma referência mundial, eu tenho de crescer, mas eles são modelos para mim

E um misto de Jorge Mendes, outra referência mundial, noutros campos deste futebol. Adiante. Não sei se o André disse isto a brincar ou a sério, mas acredito que o tenha dito com alguma seriedade porque a imprensa espanhola por norma não perdoa este tipo de afirmações e acaba quase sempre por capitalizar sobre o jogador.

Não sendo um apreciador do jogador em causa, apesar de lhe gabar a fantástica técnica individual de drible e de passe, creio que a afirmação está muito longe da verdade, apesar de crer que pese embora tenha sido contratado por um balúrdio muito acima do valor de mercado, o Barcelona viu em André Gomes um jogador muito hábil para segurar vantagens quando o mago Iniesta precisa de ir mais cedo para o banho de forma a poupá-lo para a partida seguinte.

[Read more…]

O golo da semana

Havia muito por onde escolher. Este do génio futebolístico de Hernan Perez, ou este que será um dos golos de carreira de El Nino Fernando Torres. Fiquei-me pelo míssil de Yves Bissouma.

O Evangelho segundo São Mendes (2)

Roberto Ayala sabe o que diz, mas não diz tudo o que sabe. 16 foram as contratações horizontais à la Mendes nas últimas 4 temporadas. Se o Valência descer de divisão, vai ser o princípio do fim.

Não, eu não compreendo e os sportinguistas também não!

Escrevo este post durante o intervalo do Moreirense vs Sporting quando o resultado da partida é favorável ao visitado por 2-1. Não irei ver a 2ª parte. Pela primeira vez em 4 anos dei por mim a crer que neste momento é mais benéfico para a minha saúde não ver, não ler e não querer saber. Reparo portanto que a última vez em que deixei de ver os jogos do Sporting foi precisamente nas últimas semanas do mandato de Godinho Lopes. Sobra portanto tempo para ver futebol a sério e para ver jogos de equipas que, indiferentemente da sua condição nas tabelas classificativas, ainda se esforçam minimamente para atingir os seus objectivos ou que, à falta deles, garantem bons espectáculos aos seus adeptos e dignificam a sua camisola até à última gota de suor.

[Read more…]

Carlos Pinho mente! Reposição pública da verdade

carlos-pinho

“Sabe que sou uma pessoa que também me controlo” Carlos Pinho, presidente do Arouca, ontem, em declarações à Rádio Renascença (2º ficheiro na peça; minuto 0:46)

Em primeiro lugar, voltemos a repor as imagens captadas pelas cameras de video vigilância do local do acontecimento ocorrido entre Bruno de Carvalho e Carlos Pinho nos corredores de acesso aos balneários do Estádio José de Alvalade

Momento 1: Carlos Pinho vem acompanhado do balneário do Arouca e vai direito a Bruno de Carvalho com o braço no ar. Segue-se a troca de argumentos e a tal cuspidela de que queixa o presidente do Arouca nas declarações proferidas ontem à Rádio Renascença. Até concordo que indiferentemente do acto, se foi uma cuspidela ou uma simples libertação de vapor para a cara do presidente do Arouca, o acto em si foi uma tremenda falta de educação e de bom senso do presidente do Sporting.

Momento 2: Já libertado da confusão, o presidente do Arouca, continua obviamente emocionalmente “controlado”. O controlo das suas emoções era tanto e tão visível que passa imediatamente a agredir o assistente de recinto desportivo que o tentou acalmar e afastar da confusão.

[Read more…]