Tourencinho


“Onde os ferroviários levam no focinho”. Linha do Corgo, 2012.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Ai que lindo – só é pena as portas de alumínio (parece) mas mais vale assim porque tem uma bela cor cinzento, pois é “as aldeias” de Portugal onde nasceu a “alma”

  2. maria celeste ramos says:

    Porque é que levam no focinho – não percebo – porque fecha a linha ?? quem me pode elucidar ?? e em que provincia fica esta aldeia ?? já não sei geografia suficientemente – obrigada – mcor

    que pena – os jogos olímpicos acabaram – estou a ver o FIM – belo espectáculo – fabuloso

  3. Maria Emilia Alves says:

    O prédio antigo não me sai da memória, mas o atual ficou maravilhoso. Parabéns aos meus parentes e amigos que conseguiram dar um destino digno as ruínas do apeadeiro!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.