“A Dinastia do Poder em Braga”

Finda a monarquia em 1910, eis que se alevanta em Braga uma nova legião do Senatus Populsque Romanus.
Em Braga é assim. Até a Polícia Municipal cumpre as leis que interessa cumprir…

Comments

  1. Luis says:

    Sobre esta camorra da construção civil parece que não faltou a entrega de um envelope por um padrinho à filha do edil no dia do seu casamento.
    Mas falemos da Polícia Municipal!
    Estes “garbosos” elementos da ordem pública são vistos a namorar entre colegas, a fumar encostados às esquinas e, quando chove, é vê-los, mal amanhados entre portas.
    São guardiões implacáveis do estacionamento no centro da cidade, de forma a que os parques subterrâneos de um tal Névoa não percam clientes.
    Enfim, esse serviço fazem-no com fidelidade canina mas, se sairmos algumas centenas de metros das proximidades dos parques do Névoa, aí podemos ver carros em cima dos passeios, a impedirem a passagem de senhoras com carrinhos de bébé, deficientes físicos em cadeiras de rodas e cegos, que são obrigados a passarem para as ruas para poderem circular.
    Curiosamente estes “guardiões” dos parques de estacionamento não se incomodam nada com a circulação das bicicletas na zona pedonal, assistindo por vezes ao susto de algumas pessoas que, julgando que podem circular calmamente, são inopinadamente alertadas por um toque de campaínha para se afastarem, pois o ciclista tem pressa.
    Isto para não falarmos da gincana de bicicleta entre peões, que alguns jovens gostam de praticar em alta velocidade, entre idosos e crianças nos passeios da cidade.
    Parece que estes garbosos(as) policias municipais são recrutados entre os familiares dos “históricos” presidentes de junta e familiares de alguns funcionários do partido e da câmara, que têm direito de uso capião a nomear para estes empregos de arraia miúda os seus filhos e netos desempregados.
    Com profissionais de tamanho “garbo” e com tão rigorosa selecção baseada no “mérito”, não é de admirar que sejam estes(as) polícias municipais os(as) detentores(as) do recorde nacional por faltas ao serviço durante estes últimos anos, com o incrível número de 39 dias de faltas num ano.
    Claro que estas faltas são dadas por doença, provavelmente, digo eu, por excesso de stress que o não fazer nada de útil durante o dia provoca.
    Enfim… é o que temos!

    • Jaime MARTINS says:

      …….pois, é a MERDA que temos e alimentamos, uma autêntica dinastia monarquica de chicos espertos e arrogantes que consporcam todas as instituições da autarquia bracarense…..já é tempo de os “abater”…..

  2. Carlos Silva says:

    Os partidos políticos PS, PSD e CDS são tudo da mesma escumalha. Só pensem neles, nos seus amigos e nas suas famílias. Só precisam de nós para o voto.

    Vocês vêem algum filho ou familiar de Ministro, deputado, ex deputado ou autárquico desempregado ou trabalhar precariamente e mal pago? Pois não há.

    Sobre esta dinastia, também existe uma de muitas dinastias na Assembleia da República. Temos Luís Menezes, que é vice presidente do grupo parlamentar do PSD, tão jovem, como conseguiu o tal tacho sem mérito? Porque é somente o filho do parasita do conselheiro de Estado e presidente da câmara municipal de Vila Nova de Gaia (Segunda câmara mais endividada do país).

    Os políticos não sabem o que é a vida. Eles nunca trabalharam na sua vida para pagar os seus estudos, sempre viveram em berços de ouro porque tinham os papás a sustentá-los. Por exemplo, eu não os vejo a visitar as ruas de miséria, falta de meios, estruturas deficitárias em Portugal (bairros, instituições de caridade, lar de idosos, hospitais, etc) e ver o que se passa diante dos seus olhos a triste realidade.

    São insensíveis e longe da realidade dos problemas que passam os Portugueses mais desfavorecidos.

    • Jaime MARTINS says:

      ….não se vê politicos (ou “cromos” de politicos) no desemprego porque estão todos inscritos no melhor centro de emprego do país que é totalmente financiado pelos contribuintes assim como a sua frequência de formação “dita” profissicional (com equivalências duvidosas ás universidades para se pavonearem com falsos titulos académicos) que são as JOTAS……

  3. Pisca says:

    E não se fala daquele clube “grande” da cidade, com tantos titulos como o saudoso Estrela da Amadora, que tem um estádio da camara alugado por quantia simbolica e que “vende” o espaço desse estádio a uma empresa e mete o guito ao bolso ?

    Gostava de saber já que é mais um dos que sou “compulsivamente sócio”

    • Nemec says:

      O Estrela da Amadora não ganhou nenhuma Taça da Liga nem nenhuma Taça Intertoto… convém informar-se primeiro para não dizer inverdades.

  4. Zezé says:

    Acho que são 37 anos…


  5. Espero que o Mesquita tenha os dias contados, todos seram mais felizes sem ele!

    • Jaime MARTINS says:

      …..dias contados!!!???…..vai ter de certeza, aliás como todos nós (porque a morte é implacável) e será muito, muito feliz ao contrário de todos que continuaremos a ser infelizes….pois sai imaculado, numca será responsabilizado por nada e ainda lhe vão erguer também uma estátua com dinheiro de todos nós!!!!

  6. Fernando Ferreira says:

    E assim vai o nosso Portugal.
    Foi a revolucao dos cravos que nos lebertou da ditadura
    Mas que e isto se não uma ditadura?

  7. PASSOS PORTAS,40 horas já says:

    Carrega Crato

Trackbacks


  1. […] e os efeitos na nossa vida concreta de demasiada gula e demasiados erros políticos: já observaram o organigrama da Autarquia Bracarense? Fica tudo em família. Se nos sentimos roubados, não é só agora por causa do funcionário comunitário-BCE Gaspar, mas […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.