Carvoeiro Alvejado no Cuango

Mutu-MueneMAKA ANGOLA

Guardas da empresa privada de segurança Bicuar alvejaram ontem, 25 de Abril, por volta das 7h30, o cidadão congolês Jingongo Lemba com um tiro na região torácica enquanto este trabalhava junto ao rio Txacanga, em Cafunfo, município do Cuango, na província da Lunda-Norte.

Jingongo Lemba, de 30 anos de idade, residente no bairro Pone, em Cafunfo, é localmente conhecido como carvoeiro e trabalhava na produção artesanal de carvão, quando uma patrulha de três guardas da Bicuar o alvejaram de surpresa, sem ter havido qualquer diálogo. O tiro causou graves ferimentos e a fractura de uma costela do cidadão congolês, que está a ser assistido no hospital de Cafunfo. A equipa médica, segundo depoimento um familiar da vítima, Adelino Kamanda, aconselhou a família a levá-lo para uma unidade hospital com condições adequadas de tratamento para o salvar.

Adelino Kamanda revelou ao Maka Angola que o autor do disparo é conhecido apenas como David. Familiares e activistas locais informaram a Polícia Nacional sobre o incidente.

Guardas da Bicuar, empresa ao serviço da Sociedade Mineira do Cuango, estiveram envolvidos num outro caso de violência, ocorrido a 20 de Abril na zona de Kambamba, que vitimou fatalmente um garimpeiro. http://makaangola.org/2013/04/21/garimpeiro-morto/

A Bicuar substituiu, desde Março de 2012, uma outra empresa – Teleservice – na prestação de serviços de segurança à Sociedade Mineira do Cuango, que explora diamantes na região, e tem estado envolvida desde então em vários actos de violência contra garimpeiros e aldeães.

Várias denúncias têm sido feitas à impunidade dos gestores da Sociedade Mineira do Cuango, uma empresa de exploração de diamantes formada pela Endiama, a ITM-Mining e a Lumanhe. Esta última, que detém 21 porcento da sociedade, é conhecida como a empresa dos generais, tendo como sócios, com quotas iguais, o ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, general Hélder Manuel Vieira Dias “Kopelipa”; o inspector-geral do Estado-Maior General das FAA, general Carlos Hendrick Vaal da Silva; o chefe da Direcção Principal de Preparação de Tropas e Ensino, general Adriano Makevela Mackenzie; o general Armando da Cruz Neto, governador de Benguela; e os generais João Baptista de Matos, Luís Pereira Faceira e António Emílio Faceira, respectivamente ex‐chefes do Estado‐Maior General das FAA, do Estado‐Maior do Exército e dos Comandos.

A região diamantífera das Lundas tem sido palco de sistemáticas violações de direitos humanos, incluindo dezenas de casos de tortura e assassinato, perpetrados por membros das Forças Armadas Angolanas e guardas de empresas privadas de segurança ao serviço das empresas diamantíferas, particularmente a Sociedade Mineira do Cuango.

Comments

  1. Camanguista says:

    Pensava que no Cafunfo havia diamantes, afinal havia carvão.
    Enganaram-me, enfiei o barrete.

  2. dora fonte says:

    Deram um tiro num desgraçado dum carvoeiro, sem mais nem menos? e isso tem a ver com generais? Bolas!!! Os generais andam muito por baixo! hehehe…

  3. celesteramos.36@gmail.com says:

    Mas o mesmo se passa, e ouvi e vi já este 2013, na África do Sul nas minhas de diamantes que pertencem e um sir inglês – o massacre visto em directo na nossa TV foi só porque os trabalhadores queriam aumento de salário que é miserável – xateia-me que o dicionário do compactador me impede de dar os erros de ortografia que me apetece – porque é que tem um risquinho vermelho a sublinhar directo se eu recuso escrever direto (ai já não tem risquinho – mas que depressa o comput “aprendeu” brasilês) TVi24H-01:17-27 abril os 3 malucos com muita graça – Ricardo diz que crescimento económico nem faz sentido porque lhe partiram as pernas – só ouvidos – têm de facto muita graça inteligente e informativa (diz ele que ninguém tem $$ para comprar o que as empresas produzirem – boa – cavaco não percebe isso ?? o da barbicha diz que só balelas e que o PS tem um mantra (boa) a seguir o desconsenso do 25 abril será desta Ricardo que Isaltino é preso ?? aqui na Colombia nada sei mas não seria o mais desprigiante das autarquias portuguesas que se deviam reunir todas no Linhó – João Miguel Tavares – a matemática no primário – a ass dos prof mat vão instaurar providência cautelar já chegaram à matemática ?? s~so os tribunais mais uma vez ?? o barbichas diz que agora são os tribunais que decidem se a máquina de calcular não pode ser usada nas aulas ?? Ricardo esta ideia de abolir máquina ao meio do ano ?’ é exquesito mas o que havemos de fazer, só tribunal ou pedir a um grupo de bandidos – Pedro Mexia a bonita idade de 83 anos do presidente italiano faz parte da solução e não do problema na investidura pôs na ordem o movimento 5 estrelas e o Jorge Napolitano etc – só ouvido e vale a pena ai ai vale – humor a sério e política – ricardo u homem de 94 anos quando sair ser convidado para festa bunga bunga é caso – Ricardo Araújo Pereira reclama-se “durão” – eu é que atinjo o limite com os que dizem há 2 anos que se passou o limite eles conseguem escavar sempre além do limite – mas que 4 malucos com saúde – barbicha diz que durão a belém ?’ só Victor Gaspar concorda – 25 abril os cravos caíram – mas o momento mais intenso – ricardo que éco na Colômbia ?’ o consenso só está à altura de um predestinado – Cavaco disse tanta coisa diferente que nem há alternativa e portanto não vale a pena PS ir para lá e com ganho de PS sem aliança à esquerda ficamos pior do que está – estes malucos são uma maravilha – Ricardo decreta cumprimentos a Salgueiro Maia e foi uma cunha que me deu o emprego que tenho e é benéfico para mim e para todos – João Miguel Tavares e o novo da UGT gostei de o ouvir e se cgtp + ugt estão alegremente desunidos – barbicha a Grécia pedir indemnização de guerra pedem 162 mil milhões de euros a Merkel mas nós nas 3 invasões francesas nada pedimos – fim João Mexia + Ricardo + João Tavares – FIM – 01:45H- boa

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.