A verdadeira festa do futebol


Dedico este post a todos os que acham que os adeptos de futebol

 são meros hooligans  lobotomizados, broncos sem meio palmo de testa,

primatas a caminho  da descoberta do polegar opositor.

.

Ontem, em Gdansk, os irlandeses (tal como os espanhóis) protagonizaram um dos mais belos momentos que o futebol pode proporcionar, com a particularidade de não se ter passado sobre o relvado, mas nas bancadas. Ainda durante o jogo, perdia a Irlanda por 4-0 e os irlandeses cantavam assim

Acabado jogo, ainda no estádio, consumada a derrota e eliminada a Irlanda da próxima fase do Euro 2012, ouvia-se este som impressionante

Digerida a derrota os irlandeses reagiram assim nos bares de Gdansk

Por cá, quanto a desportivismo, é o que se sabe: alguns a fazer figas para que Portugal não passe à próxima volta para lhes dar razão (eu não dizia? estes gajos ganham milhões e não jogam a ponta de um chavo), outros a torcer para que Postiga ou Nélson Oliveira falhem (tás a ver? aquela até eu marcava. Cambada de coxos), e muitíssimos, talvez por não serem “jovens, bonitos e ricos”, a atiçar as brasas onde desejariam grelhar Ronaldo no espeto (Melhor do mundo, este nabo? O Messi nunca falhava uma bola daquelas. É só vaidade e arrogância, este gajo só marca no Real de Madrid que é onde lhe pagam). Diferenças…

Comments

  1. oberon says:

    é muita Guiness… mas podia dar-lhes para pior, como aos anglos vizinhos tb sob o efeito da ale…

  2. MAGRIÇO says:

    Gostaria de ver as claques organizadas de qualquer clube cá do burgo a reagir assim se estivessem a perder por 4 a 0! Quando isso acontecer, terei de rever a opinião que tenho sobre a sua sanidade ou sobre a sua posição na escala evolutiva…

  3. Konigvs says:

    Nem consigo imaginar como seria se fossem campeões europeus!! Eles estão anos luz à frente no desportivismo, e nesse campeonato, não têm rivais.

  4. MAGRIÇO says:

    Esqueci acrescentar que concordo em absoluto que isto é, de facto, a verdadeira festa do futebol e que é assim que ele deve ser apreciado. As paixões primárias e exacerbadas são uma prova de imaturidade evolutiva.

  5. Não é assim em todos os jogos!? 😉

  6. Ricardo Santos Pinto says:

    O post é muito bonito, só não concordo com uma coisa.
    Quem critica o Ronaldo é porque tem inveja dele? A Selecção não pode ser criticada? Era mesmo isto que querias dizer?

    • Claro que não e claro que sim. Eu explico: claro que não é isso que queria dizer e claro que a selecção pode ser criticada. Mas aqui nunca verias uma reacção assim em caso de as coisas correrem menos bem e verias se corressem muito bem. Explico outra vez: passa-se de bestial a besta num instantinho, de repente é-se o melhor dos melhores e logo a seguir o pior dos piores. A mesma pessoa dito pela mesma boca.

  7. Fernando Van-únem says:

    Esqueçe que a Irlanda não têm os cagões dos Ronaldos & companhia. Têm sim, guerreiros que enchem de orgulho qualquer nação.

    • Gostei do gesto, elogiei-o aqui, fui explícito sobre isso, apreciei e, até, invejei o desportivismo, mas parece-me que o Fernando esquece que os “guerreiros” foram derrotados pelos “cagões”, o que faz deles não tão guerreiros como isso.

  8. Fernando says:

    Nao compare alhos com bugalhos. Em Portugal o futebolez nao sabe ver futebol.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s