A culpa é nossa, a culpa é nossa, a culpa é nossa

passos coelho

A crise tem sido mais forte porque as pessoas gastaram menos do que previmos.

Via Américo Mascarenhas, no facebook.

Comments

  1. Victor Moreira says:

    Este animal está por acaso a reinar connosco? Rouba-nos o dinheiro e quer que gastemos mais? Que nome se poderá dar a este nojento?

  2. Vicente says:

    Como é possível que este nosso primeiro-ministro diga barbaridades destas sem ser internado ou sem ser corrido da vida pública?!
    Ontem mostrei aqui uma canção que ilustra bem o estado desta nossa política. Convido todos a ler a letra que está no vídeo e a partilharem porque considero esta canção um hino contra esta pouca vergonha. Se gostarem partilhem, gostava que isto fosse cantado no parlamento.

    http://youtu.be/rj3-nPnqAnc

    Excerto da letra:
    Estou cansado destes filhos da puta que vejo passar
    Idiotas convencidos
    Que um dia um voto lançou pela TV
    E se acham a desempenhar uma tarefa magnífica.
    Com requinte de filhos da puta
    Sabem justificar a corrupção
    O deserto das ideias
    Os projectos avulso para coisa nenhuma
    A sua gentil reforma e as regalias
    Esses idiotas que se sentam frente-a-frente no ecrã
    À hora do jantar para vomitar
    O escabeche de um bolo de palavras sem sentido
    Filhos da puta porque se eternizam
    Se levam a sério
    E nos esmigalham o crânio com as suas banalidades:
    O sôtor, vai-me desculpar
    O que eu quero é mandá-los cagar
    Para um campo de refugiados qualquer
    Vê-los de Marlboro entre os dedos a passear o esqueleto
    Entre os esqueletos

  3. Miguel Oliveira says:

    Ah não sabem?
    Então eu digo……
    Visitem Vila Real e procurem o irmão do Pedro ( caso perdido da dependência) e a irmã em Vila Pouca? bem segundo os médicos do Hospital Distrital de Vila Real a dita Dra. raramente está sóbria, depois disto não esperem muito do pai Pedro. Que segundo as más línguas também passou por uma cura em Barcelona ( será que era para não deixar rasto?).
    Com políticos destes não precisamos de inimigos do Povo já temos charlatães e incompetentes que chegue.


    • Completamente de acordo , contudo não esquecer que este Passos também esteve ligado a droga e a muitos outros
      maus costumes . Como é possível manter este indivíduo na Política . Certamente está ao nível da baixeza de muitos
      portugueses .

  4. Luís says:

    Quando é que os banqueiros despedem este gajo e nomeiam um tipo com um QI normal para se governarem e não desgovernarem o país?


  5. É o que sempre tenho dito , a culpa é toda nossa como sempre alertei sobretudo de há 20 anos para cá .

    Não esquecer que a menina do Sócrates também teve uma tirada como esta , com os aumentos de com-
    bustíveis e com o aumento do custo de vida ,discursando que não tinha previsto que os portugueses
    consumissem menos ..

    Como tenho dito também , é assim que o Povo gosta , deste tipo de políticos anormais . .

    Estes indivíduos , e muitos outros como eles , deviam ma ser expulsos do planeta Terra .

    Sofrem todos de diarreia mental ..

  6. Tito Livio Santos Mota says:

    se tivessem comido bifes todos os dias já o país não estava assim 😉


  7. Eu acho que ele é uma pessoa doente…

  8. Alexandre says:

    Devíamos fazer como na ditadura soviética: manter o primeiro-ministro e o presidente da república e ir, de quando em quando, trocá-los de lugar. Ou então, como em Hong-Kong: o governo dizer quem se vai candidatar às eleições. Ou como em Angola: manter o presidente da república e não haver poder autárquico. Ou …
    Temos de matar os lacaios criminosos do KGB, das FP 25 de Abril, etc. etc….

Trackbacks


  1. […] Coelho já era uma anedota. Com esta tirada, passou a fazer parte de uma, inspirada numa outra que tinha como personagens um cientista e uma […]


  2. […] que hoje ficámos a saber é que não há dinheiro. O falido estado está falido, bem para além do os incompetentes do governo procuram fazer […]


  3. […] Recentemente, Passos Coelho, licenciado em Economia, descobriu que as pessoas, por ganharem menos, gastam menos. Já Vilaça, personagem de Os Maias, comentava a formatura de Carlos, dizendo a si mesmo: “Grande coisa, ter um curso!” Grande coisa Passos Coelho ser economista, que, mais tarde ou mais cedo, chega quase a perceber o que se passa com os cidadãos. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.