Chamam-lhes migrantes

menino_naufragado_costa_da_libia_agosto28_2015
Na noite passada. Náufragos na costa da Líbia
Daqui

Comments

  1. manuel.m says:

    E eu chamo falta de pudor à publicação da foto do cadáver deste pobre criança. (por muito boas que tenham sido as intenções).

    • Sarah Adamopoulos says:

      Falta de pudor seria outra coisa, que é por exemplo o que fazem os tablóides. Mas compreendo o seu choque. O que a imagem mostra é insuportável. Desculpe-me, mas tinha de publicá-la. No link que forneço há mais, muitas mais. Não tape os olhos, isto está longe de ter acabado…

  2. omaudafita says:

    O problema não são os migrantes quererem entrar na Europa. O problema é o Islão. Não acredita? Vá passar férias para Marselha, se se atrever…

    • Sarah Adamopoulos says:

      Não são migrantes. São refugiados. Quanto ao problema, é bastante mais complexo do que o que diz. Marselha, conheço, sou meia-francesa, Mau da Fita.

      • omaudafita says:

        São migrante porque migram… a causa porque migram é por supostamente fugirem dos conflitos. Está a entrar de tudo na Europa, desde inocentes a terroristas. O Islão é muito simples de explicar: ou se é crente ou então é infiel. E não há lugar para infiéis… Como disse há uns anos atrás uma especialista: Não existe islamismo moderado. Conhece Marselha? Ao redor do Arco de Triunfo existem ruas que nem de dias se pode lá passar a pé….

        • idalina silva says:

          Não será esta uma forma de o Islão de entre estes migrantes os sobreviventes, fazer dispersar na Europa os seus verdadeiros crentes criarem novas redes de terroristas????

  3. omaudafita says:

    Este verão ouvi um conhecido a falar sobre a Alemanha. Conta que iam dois jovens Turcos num autocarro a falar animadamente dizendo que qualquer dia mandavam na Alemanha porque já eram sete milhões. Uma senhora na casa dos oitenta anos riu e disse-lhes: Sabem, já ouvi essa história quando era criança…

  4. Sarah Adamopoulos says:

    Os comentários que misturam a tragédia dos refugiados com o medo do terrorismo revelam a que ponto nas actuais sociedades ocidentais o maniqueísmo ateu é cego a toda a noção de diversidade e inibe toda a tolerância. Vindo de portugueses, que já emigraram a salto (salvaguardadas as diferentes naturezas e dimensões dos fluxos migratórios), é realmente triste.

  5. omaudafita says:

    A Primavera Árabe deu no que deu. Será que agora vamos ter uma Primavera Europeia? Por onde andam os deslumbrados da Primavera Árabe? Foi tão boa que agora estamos a ser INVADIDOS (sim, é o que dizem os povos do norte da Europa) por milhares de pessoas que fogem do resultado.
    PS- seja honesta e não use uma fotografia deste tipo para condicionar a opinião dos outros. Se a criança fosse minha pedir-lhe-ia para ter vergonha na cara.

  6. omaudafita says:

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.