Obviamente, demitam-se

Deixemos de lado o quantos fomos. Não me lembro de uma manifestação em Portugal (e não apenas em Lisboa) sem guerras de números. Chega.

coimbra 15 setembro 2012, manifestação

Das muito poucas fotografias que fiz hoje, fica esta (não editada, depois substituo): Coimbra – 15 de Setembro de 2012, nunca tantos estivemos na ruas, desde 1 de Maio de 1974. Estimativa da PSP: 20 000. Não contei.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Diz um senhor – roubaram a minha juventude na guerra do ultramar e agora roubam a reforma – eu sei – roubaram-me o meu irmão para a guerra para “eles” e agora o meu salário – e ainda vão vender a retalho a Tap + a ANA + os Correios + Telecom + Tua + Viana do Castelo + o que resta de agricultura e deixar roubar e assaltar o mar – onde esatmos e quem são estes senhores “retornados” de onde ????-24H gaspar no écran em silêcio – não disse nada mas segue o Tempo Extra de Futebol – que dirença fgaz de salazar de Deus Pátria Família ?’
    agora vou ouvir o idiota do Pedro do CDS que também engordou que arece um porco de engorda Pedro Nunes + Lopes + Daniel
    Vou ouvir esse COELHO – Gaspar disse à senhora que o esforço e sacrfício é para repartir por todos – mas que PORCO – convidado Soromenho Marques – hoje não está clara – não gosto de soromenho nem sei explicar porquê – é o meu nariz – e vai dizer a mesma merda que tem dito várias vezes e já ouvi há bocado – estou cansada de intelectuais filósofos – só josé Gil e o de Trás-os-Montes que não veio para a capital


  2. Agora é preciso repetir isto, pelo menos, 1 vez por mês até estes pseudo-governantes desaparecerem do país… Mas deixando atrás o que roubaram!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.