[Brasil] Assembleia dos povos

promete prosseguir a luta nas ruas. Movimentos organizam-se “para transformar a [sua] grande pátria sul-americana” numa nação socialmente justa, sem excluídos dos sistemas públicos de protecção – saúde, educação, direito à mobilidade e à participação na vida cívica e política.