Foi-se embora em boa hora


Para D. Regina Dias

Muito falamos, pouco de nós. Empresto a minha vida e mãe, para homenagem a si.

Não importa a idade. Fazem falta. Lembramo-las. Rezamos por elas porque já não estão connosco, embora sintamos a sua presença. Como é público, eu não sou crente, mas a minha mãe era imensa na sua beatitude, por isso, em sua honra, no denominado dia da Mãe, mandamos rezar uma Missa pela sua alma. E sentimos, em silêncio, com respeito que ela nos acompanha. [Read more…]