Professor Doutor

Continuando a explorar a informação do site do parlamento quisemos ver se a ideia de que na Assembleia da Republica predominam os advogados era real.

Assim sendo pegamos na informação disponibilizada por este serviço e criamos uma nova tag cloud usando o wordle.

Curiosamente, pelo menos para mim, também temos um grande número de professores entre os nossos deputados. Não é seguramente por falta de capacidade técnica e científica que os trabalhos no parlamento serão melhores ou piores.

A única alteração que fiz em relação à informação estava no site do parlamento no passado dia 6 e 7 de agosto foi mudar o género das profissões de forma a ser sempre a versão masculina.

O Manel e a Maria


Recentemente foram publicadas as estatísticas da actividade dos nossos deputados. Essa é uma informação interessante na medida em que ter uma visão quantitativa do que fazem os nossos representantes é sem dúvida melhor do que não ter nenhuma ideia do que fazem.

Claro que, na minha opinião, este tipo de trabalho não seria feito só uma vez por ano, mas sim continuamente, nem teria que ser necessariamente feito pela A.R., podiam simplesmente dar-nos as ferramentas para nós, cidadãos, usando as ferramentas da web 2.0 fazermos nós próprios a nossa análise.

Como ainda não temos uma forma fácil de aceder à vastíssima informação que o site do parlamento disponibiliza, e quando digo fácil quero dizer à moda do sec xxi ou seja automatizável, referenciável, etc., um grupo de pessoas achou que podia contribuir na criação dessa infraestrutura.

Quem estiver interessado em pormenores técnicos ou nos dados que construíram esta, e outras, visualizações entre em contacto com esse grupo. Se só quiserem ver o resultado final fiquem atentos ao Aventar.

Ah!, a imagem é uma tagcloud de todos os nomes de todos os deputados cuja informação estava no site do parlamento no passado dia 6 e 7 de agosto.