Problemas na Lavandaria

Eduardo dos Santos voltou a soltar os cães do pasquim de Angola sobre a nossa cúpula política. Não é que a escumalhada não mereça levar umas ferradelas das feras assanhadas de Luanda mas não deixa de ser hilariante ver o jornal oficial de um regime opressor a queixar-se de uma “agressão intolerável” por parte de um país cujo Ministro dos Negócios Estrangeiros violou o segredo de justiça e o princípio de separação de poderes para agradar o ditador e provar a nossa vassalagem aos kwanzas.

A corte de um dos últimos “Reis da Escócia” continua, assim, a chantagear os responsáveis políticos portugueses e a tentar pressionar o Ministério Público para arquivar os processos referentes a serviços de lavandaria prestados por entidades portuguesas a alguns “heróis” angolanos como o General Kopelipa, um senhor que faz uns negócios simpáticos aqui pelo rectângulo. Depois da ameaça do fim da “parceria estratégica” feita pelo Presidente Eduardo dos Santos, ficamos hoje a saber, através da jornal de propaganda do regime, que a própria lusofonia está em perigo e que Portugal é uma carta fora do baralho das obras públicas, do petróleo e da tecnologia angolanas.

[Read more…]