Uma Santa Casa para o CDS – 2

O Aventar recebeu-me simpaticamente aquando do meu primeiro texto. Regresso com a segunda de várias partes numa vergonha que deve ser combatida em nome de todos os portugueses que lutam todos os dias por uma vida melhor e que o fazem sem precisar de ter cartão de militante do eixo do mal que é o PS-PSD-CDS no que concerne à tomada de lugares no estado.

Como sabem, a senhora Suzana Ferreira surgiu pela mão do conhecido militante lisboeta do CDS Fernando Paes Afonso. Mas quem é este senhor:

1. FERNANDO PAES AFONSO pertenceu várias vezes aos órgãos nacionais do CDS.

2. Em Julho de 2007 foi criada o agrupamento complementar de empresas “SOMOS CONTAS, A.C.E.” com o objectivo de partilhar serviços de gestão financeira e de contabilidade entre os vários hospitais.

3. Os sócios fundadores foram o Serviço de Utilização Comum dos Hospitais – SUCH, evidentemente, com uma participação social de 95% e a ACCENTURE – Consultores de Gestão, S.A. com uma participação social de 5%.

4. Na data de constituição Fernando Paes Afonso foi nomeado administrador.

5. Renunciou ao cargo em Janeiro de 2009 para ser director geral da AECOPS – Associação de Empresas de Construção, Obras Públicas e Serviços onde se manteve até Setembro de 2011 quando foi nomeado Vice Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa com o pelouro do Departamento de Jogos.

6. Uma das primeiras decisões que tomou na SCML foi efectuar uma parceria com a Accenture, ex-entidade patronal no Somos Contas.

7. Por sinal a Accenture foi EXONERADA como agrupada da Somos Contas em Maio de 2011.

8. Arranjou, também, emprego na SCML a Lourdes Hill y Gimenez com quem tinha trabalhado na Somos Contas.

9. Com ele, trabalha, também, na SCML a sua actual companheira Maria de São José Louro e que também é sua sócia em pelo menos uma empresa de consultoria (THINK GLOBAL).

O escopo da Santa Casa é ajudar os necessitados. Será que o Senhor Provedor Pedro Santana Lopes está a par de todas estas questões? E estando, concorda?

António Santiago, Lisboa, pagador de impostos e descrente nesta democracia.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Bela roda de amigos – roda apertada e fechada e auto-protegida-Tapa-me a mim que eu tapo-te a ti

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.