Cada cavadela, cada minhoca!

Pedro Passos Coelho sobre Maria Luís Albuquerque: “Foi convidada para uma empresa que não atua diretamente sequer em Portugal, não negoceia com bancos em Portugal. Há outras empresas que o fazem e o fizeram, mas a doutora Maria Luís Albuquerque não está a trabalhar com essas empresas: está a trabalhar com uma empresa cotada em Londres e não intervêm diretamente no mercado português”

O que diz a Arrow Global Group sobre si própria?

No dia 1 de Abril de 2015 a Arrow anunciava que comprava a Whitestar, uma empresa criada pelo famoso Lemon Brothers para fazer a gestão de carteiras de crédito malparado em Portugal.

No seu relatório de contas de 2015 a diz a determinada altura:
“Durante o ano, fizemos uma série de significativas compras de carteiras em Portugal e na Holanda” e ainda que “Em Portugal, temos mais de 650 mil carteiras de clientes”.

O Banif, que era um banco, referia no seu relatório de contas de 2014 que tinha assinado “contratos de compra e venda de créditos compostos pelas carteiras de Portugal e Espanha, à Arrow Global Limited e à Arrow Global Luna Limited, respectivamente”.

Ou seja, tendo a possibilidade de mostrar que o PSD era diferente e dava o exemplo, recomendando à sua deputada que esta oferta de emprego não faz sentido no momento e não é nada compatível com o facto de MLA ter sido há pouco mais de 3 meses Ministra de Estado e das Finanças, PPC opta por ignorar tudo isso e fazer esta declaração verdadeiramente inaceitável, onde se dizem coisas que não correspondem à verdade.

E o que mais me impressiona? É que no PSD oficial não parece haver nenhuma inquietação com tudo isto.

Comments


  1. Deixem-me trabalhar…

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Normal. O homem sempre foi um aldrabão. É coerente. Aldrabão, mas coerente.


  3. Infelizmente a decisão de Maria Luís Albuquerque não merece eticamente qualquer tolerância de aprovação.
    Infelizmente teremos mais dois anos de igual estilo de liderança do PSD por os críticos internos do partido terem simplesmente fugido à obrigação de proporem aos militantes uma via diferente, mas esconderam-se na hora de dar a cara… numa altura que descaramento não falta nas cúpulas da laranja.