Chefe, temos um problema

Uma análise superficial do assunto pode levar a pensar que esta questão que traz o Sporting ocupado há uns meses é um problema do Futebol, que se circunscreve à respectiva tribo e resulta da natural estridência que o “desporto rei” sempre suscita.

Quem assim pensar, está enganado.

A “questão Sporting” é uma questão de Estado – do Estado de letra e do Estado de facto.

Acontece que uma das partes em confronto – precisamente aquela que menos influência tem no Estado de facto – acaba de introduzir uma novidade no pleito: um Filósofo. Que sabe mais disto do que os peões do Estado de facto todos juntos. O jogo está, agora, mais equilibrado. Há um carregador de piano a varrer o meio-campo. E já alguém, certamente, avisou o Chefe:

⁃ Chefe, temos um problema.

O Iluminismo fascista

Um sistema Fascista é aquele em que um determinado número de pessoas que pensam da mesma maneira e têm os mesmos interesses, se unem para destruir e erradicar todos aqueles que pensam de maneira diferente e têm interesses diferentes.

[Read more…]

Está madura a seara da terra.

Portugal acaba de dar uma grande lição à República Francesa, Alma Mater do Iluminismo e berço triádico da Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

[Read more…]

O “entrepreneur”

O cavalheiro que é presidente executivo da Web Summit diz que “desconvidou” a senhora Le Pen para “não ofender o país anfitrião”. Esmerada educação e respeito por Portugal tem este “entrepreneur”. Nem parece o mesmo que no ano passado fez uma jantarada no Panteão Nacional, junto aos ossos do Garrett.

Gaia é campeã nacional do desemprego

Vila Nova de Gaia continua a ser o município campeão nacional do desemprego, segundo dados do IEFP publicados recentemente. Os últimos números, que se referem ao mês de Junho de 2018, indicam que, no final do primeiro semestre, havia em Gaia 18.365 cidadãos registados à procura de emprego, número que é normalmente muito inferior ao número real de cidadãos de facto desempregados, uma vez que muitos destes já não estão inscritos e não fazem por isso parte da estatística.

[Read more…]

Quick Summer Quiz

Quem era o Primeiro-ministro de Portugal quando a televisão pública portuguesa emitiu um documentário com o título “Loose Change”?

As nódoas e as pintas

Quando o pano da camisa é branco, a nódoa nota-se mais. O truque é andar vestido às pintas. Assim, as pintas não se distinguem das nódoas, que passam facilmente por pintas. E, a dada altura, mesmo que as nódoas da camisa sejam mais do que as pintas, o que dirão de nós é que temos muita pinta. 

Dirão assim: “- Você tem muita pinta! Ainda vai a Ministro.”

A política como dejecção moral

Num miserável e infame Despacho de Acusação, digno da mais persecutória polícia política, a Comissão Federativa de Jurisdição da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista, Federação cujo vice-presidente é o actual presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, acaba de propor, como eu já aqui tinha antecipado, a minha expulsão do PS.

Uma das acusações infames nas quais a Comissão Federativa de Jurisdição baseia essa sentença de expulsão, é a de eu ter sido um “agente comercial” ao serviço da República Popular da China, enquanto exerci funções na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

[Read more…]

May ou a City?

Espera-se que Portugal esteja a trabalhar convenientemente um acordo bilateral pós-Brexit. No caso de este vir a acontecer.

A sede da CPLP deveria ser transferida para o Porto

A CPLP, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, é uma organização internacional que congrega países lusófonos que, segundo afirma a própria instituição, são “nações irmanadas por uma herança histórica, pelo idioma comum e por uma visão compartilhada do desenvolvimento e da democracia”.

A CPLP afigura-se, no presente e no futuro, uma estrutura fundamental da política externa portuguesa, não apenas no domínio da língua e da cultura, mas nos domínios cujo desenvolvimento pode por elas ser potenciado, com base num património histórico e identitário comum. 

[Read more…]

O Exame Final Nacional de Português do 12º Ano

O Exame Final Nacional de Português do 12º Ano (Versão 1) começa com a análise do único poema da Mensagem ao qual o autor, Fernando Pessoa, não atribuiu um título. Este poema aparece na TERCEIRA PARTE do Livro, no capítulo sob o nome de O ENCOBERTO e sob a designação II – OS AVISOS, a qual sucede a I – OS SÍMBOLOS e precede III – OS TEMPOS.

Nesta segunda secção (Os Avisos) da TERCEIRA PARTE, estão três poemas, ou seja, três AVISOS:

  • PRIMEIRO: O Bandarra
  • SEGUNDO: António Vieira
  • TERCEIRO: Sem Título (Screvo o meu livro à beira-mágoa) [O título encoberto deste poema é “Fernando Pessoa”, ele próprio Aviso e discípulo de António Vieira e de Bandarra]

O que se segue é uma breve análise dos critérios de correcção/classificação propostos pelo IAVE – Instituto de Avaliação Educativa, I.P., demonstrando que esses critérios estão, pelo menos parcialmente, errados.

[Read more…]

7_5373 mundos

Sagres (Regressa)

CAPÍTULO 66
César

Um Anjo aproximou-se de mim e disse:
-Oh, desgraçado e insensato jovem! Oh, terrível condição a tua! Atenta na masmorra ardente que estás a preparar para ti, por toda a eternidade, e onde irá levar o caminho que prossegues.
Ao que respondi:
-Talvez tu queiras mostrar-me o que a eternidade me reserva, e juntos contemplaremos o meu destino para vermos qual será o mais desejável, o meu ou o teu.
William Blake, A União do Céu e do Inferno

-A tatuagem, para o homem arcaico, era um gesto ritual que assentava num princípio de sacralidade do corpo enquanto extensão e fala, Verbo, do Universo e dos Deuses. O corpo-templo era marcado por sinais iniciáticos, emblemas que o inscreviam num Cosmos significativo, cuja Ordem advinha de um significado, de uma pluralidade de significados coerentes.

[Read more…]

6_5373 mundos

 

O Ponto. Técnica Mista sobre tela. 120cmx80cm. BS.

 

CAPÍTULO 6
Morrer

O “argot” permanece a linguagem de uma minoria de indivíduos vivendo à margem das leis estabelecidas, das convenções, dos hábitos, do protocolo, aos quais se aplica o epíteto de vadios (”voyous”), ou seja , de videntes (“voyants”) e, mais expressivo ainda, de Filhos ou Descendentes do sol. A arte gótica é, com efeito, a art got ou cot (Xo), a arte da Luz ou do Espírito.
Fulcanelli, O Mistério das Catedrais

 

Às três horas e nove minutos da madrugada do dia vinte e três de Setembro do ano de dois mil e dez, Basilides entrou em coma profundo. O coração ainda batia, como um punho que se abre e fecha lentamente, e o Cordão de Prata estava aparentemente intacto. Mas a Alma de Basilides ordenara já o início da grande viagem que adiara durante mais de cinquenta anos.

[Read more…]

Melania Trump totalmente recuperada

A Primeira Dama dos Estados Unidos parece estar totalmente recuperada dos problemas de saúde que a afectaram recentemente, a avaliar pelas imagens que se seguem. Quanto à dignidade das instituições europeias, já o assunto parece ser um pouco mais periclitante. Parece ser nestes termos, e nestes preparos, que se decide o destino da Europa e dos seus povos.

A Descentralização, as “coisas importantes” e o “pessoal da limpeza”, segundo um dirigente nacional do Partido Socialista

O escasso – e bizarro – pensamento sociológico e político de Eduardo Vítor Rodrigues, dirigente nacional do Partido Socialista, professor da Universidade do Porto e presidente da Câmara de Gaia, sobre o processo de descentralização do Estado, a transferência de competências para as autarquias e a dignidade das classes sociais mais desfavorecidas:

5_5373 mundos

 

Desenho do autor

 

CAPÍTULO 5
Basilides Villanova: o nosso planeta

Ora, a alma – diz o nosso autor – está apenas parcialmente encarcerada no corpo, tal como Deus está apenas parcialmente confinado no corpo do mundo.
Carl Gustav Jung, Psicologia e Alquimia

 

-Porque trouxeste o Mocenigo?

-Foi ele que pediu para vir. Insistiu que queria falar com o Avô.

-Porque quiseste ver o Avô, Mocenigo?

[Read more…]

Sermões aos mortos

A “grande viagem” (peregrinatio) de navio. As duas águias voam em sentido oposto em torno do globo terrestre, o que indica o carácter da viagem que abarca a totalidade. MAIER, Viatorium (1651). Jung, Obras Completas, Vol.XII.

Não! Carl Gustav Jung nunca foi da maçonaria. Quando muito, alquimista e iniciático. Por isso, Jung é mesmo o futuro, incluindo de qualquer maçonaria que queira conservar, não o que está, mas o que deve ser. Não em defesa própria e dos respetivos anais, mas antes no processo de libertação do indivíduo face aos preconceitos, da ignorância, do fanatismo e da tirania.

José Adelino Maltez

Yes, we can!

Of course we can.

Fotografia retirada daqui.

O próximo secretário-geral do PS

Os “não pagamos” são soldadinhos de chumbo.

Esplendor na relva

Imagem: internet

A edição em papel do Jornal de Notícias do dia 29 de Junho de 2018 deu nota de que a Câmara de Gaia “foi alvo de buscas” por parte da Polícia Judiciária, estando em causa suspeitas de alegados crimes relacionados com o financiamento dos relvados sintéticos dos estádios de Canelas e de Pedroso, ambos situados em Vila Nova de Gaia. Segundo o Jornal de Notícias e fonte do executivo municipal por ele citada, no centro da questão estarão “dois contratos celebrados pela Gaianima – entretanto extinta – com a empresa Ambigold”.

[Read more…]

A conferência de Obama e a comédia cívica

O ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu uma Conferência no Porto sobre o Ambiente e as Alterações Climáticas. O Diário de Notícias decidiu ir escutar a opinião de alguns convidados ilustres, entre os quais escolheu, vá lá saber-se porquê, o presidente da Câmara de Gaia. Eis o que Vítor Rodrigues disse ao DN:

“Estamos a falar daquele que, pelo menos para mim, é provavelmente a pessoa mais inspiradora na política mundial. E portanto a mensagem quer de reforço da democracia quer de combate às alterações climáticas é uma mensagem absolutamente estruturada e, sobretudo, o que não é normal nos políticos – e ainda mais quando saem das funções – é uma mensagem coerente com aquilo que ele próprio fez.

Quem afirma isto é a mesma pessoa que anda a processar criminalmente ambientalistas.

Autarca de Gaia leva ambientalista a julgamento

 

São inúmeros, a avaliar pela Comunicação Social, os Processos Judiciais em que está envolvido Eduardo Vítor Rodrigues, o autarca de Gaia, presidente da Área Metropolitana do Porto e dirigente do Partido Socialista. Esta verdadeira disfuncionalidade cívica, institucional e política, há-de constituir caso único em Portugal, onde não há memória de um autarca socialista manter um tal nível de litigância criminal, invadindo os Tribunais com Processos-Crime e transmitindo à ordem social de que participa – em cargos de alta responsabilidade – uma imagem totalmente contrária ao exemplo que se lhe exige, quer enquanto político e dirigente do PS, quer enquanto cidadão e professor da Universidade do Porto.

[Read more…]

Gaia: Medalha entregue por Eduardo Vítor Rodrigues a Marco António Costa chega a Tribunal

Eduardo Vítor Rodrigues homenageando Marco António Costa. Junho de 2016.

A Medalha de Mérito Municipal (Grau Ouro), com que o presidente socialista da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, homenageou o Dr. Marco António Costa em Junho de 2016, chegou a tribunal por via de uma queixa-crime – mais uma – que o próprio autarca gaiense apresentou e na qual me acusa, pela enésima vez, de “difamação”. A “difamação” em causa consiste, segundo a queixa deste infeliz litigante, em ter aqui descrito, no Aventar, aquilo que se vê na fotografia que ilustra este pequeno apontamento: o próprio Vítor Rodrigues, eleito  presidente da câmara de Gaia pelo Partido Socialista, a homenagear o Dr. Marco António Costa, entregando-lhe em cerimónia solene comemorativa do Dia do Município, a Medalha de Mérito Municipal da Câmara de Gaia, Grau Ouro. Exactamente o mesmo Dr. Marco António Costa que algum tempo antes era acusado de co-responsabilidade na alegada miséria financeira gaiense. O mesmo Marco António Costa que Vítor Rodrigues também processou judicialmente, isto apesar da antiga e profunda cumplicidade que une os dois políticos.

[Read more…]

A Raiz

Há folhas, mesmo nos ramos mais altos, que teimam em beber da raiz. Demora mais, mas é a verdade.

Racismo e Iogurtes

Nunca fiando, não se esqueça de ir ao Continente e de passar pela praia do Meco.

Alguém tem visto o senhor Ministro das Finanças?

just checking.

A decapitação do jornal Público

Há quem diga que o jornal Público se vendeu por um prato de lentilhas à Câmara de Gaia. Isso é completamente falso:

Ajustes directos da Câmara de Gaia ao jornal Público nos últimos 4 meses.

O preconceito

Tem havido, por parte dos preconceituosos e reacionários incapazes do costume, comentários machistas e indecorosos sobre os preparos em que a deputada europeia do Bloco de Esquerda, a Dra. Marisa Matias, se apresentou discursando no Parlamento Europeu.

[Read more…]

As cortinas de fumo e os spin doctors de serviço

A agressão de que terá sido vítima uma cidadã portuguesa na cidade do Porto, agressão essa cujo autor foi, alegadamente, um elemento do corpo para-militar privado contratado pelos STCP para efectuar serviço de segurança, suscitou, como não podia deixar de ser, uma reacção imediata dos spin doctors do costume. A função desses spin doctors foi a de reduzir instantaneamente o acontecimento a um fenómeno racista, ocultando, distorcendo e falseando factos essenciais, sendo que o primeiro desses factos é que a responsabilidade pelos acontecimentos cabe, em primeira instância, ao Conselho de Administração dos STCP, que já deveria ter sido exonerado e accionado criminalmente pelo sucedido, procedimento após o qual caberia analisar a responsabilidade solidária da tutela, designadamente dos seis municípios da Área Metropolitana do Porto responsáveis pela gestão da empresa.

Não podendo negar-se, à partida, a possibilidade de estarmos, na verdade, perante um crime com motivações racistas, hipótese que deve ser plenamente investigada, essa seria sempre uma qualidade acessória de um acto muito mais grave do ponto de vista penal, o de ofensa à integridade física qualificada, com a agravante de ter sido perpetrado por um agente ao serviço de uma empresa pública, crime cuja sanção pode chegar aos 12 anos de prisão.

Querer transformar este episódio, de gratuita e bárbara violência, em mais um argumento em favor daqueles que lutam diariamente pela destruição da memória e do legado universalista português e o significado profundo da sua História, comparando-a à de qualquer Reich sanguinário e racista, é uma ignóbil traição, essa, sim, com laivos discriminatórios e até racistas, aos nossos valores civilizacionais autênticos e uma inaceitável falta de respeito pela dignidade histórica dos portugueses e de todos os povos em comunhão com os quais esses mesmos portugueses evoluíram no mundo.

 

Decidam-se:

A pessoa no chão é Nicol Quinayas, 21 anos, nascida na Colômbia, desde os cinco anos em Portugal.
Diário de Notícias, 27 de Junho de 2018

Nicol Quinayas, de 21 anos, nascida em Portugal, mas de ascendência colombiana
Diário de Notícias, 29 de Junho de 2018

President, you know — you know something — I must tell you, Portugal is not just United States.

Rock in Rio

PRESIDENT TRUMP:  So will Cristian ever run for President against you?  (Laughter.)  He wouldn’t win.  You know he won’t
PRESIDENT REBELO DE SOUSA:  President, you know — you know something — I must tell you, Portugal is not just United States.
PRESIDENT TRUMP:  That’s right.  That’s right.
PRESIDENT REBELO DE SOUSA:  It’s a little different.
PRESIDENT TRUMP:  Yes, go ahead.
Q    Mr. President, when did you learn that Justice Kennedy would be retiring?
PRESIDENT TRUMP:  About a half hour ago.

Fonte:
The White House

%d bloggers like this: