Teilhard de Chardin

Por Desconhecido – Archives des jésuites de France, CC BY-SA 3.0

“A menor molécula de carbono é função, em natureza e em posição, do processo sideral total; e o menor protozoário está tão estruturalmente ligado à urdidura da Vida que a sua existência não poderia ser anulada, por hipótese, sem que se desfizesse a rede inteira da Biosfera. A distribuição, a sucessão e a solidariedade dos seres nascem da sua concrescência numa génese comum. O Tempo e o Espaço juntam-se organicamente para tecer, em conjunto, a Base do Universo. Eis onde nos encontramos, eis do que hoje nos apercebemos…”

Teilhard de Chardin

“Em 1926, os Superiores dos Jesuítas ordenam a Teilhard que termine o seu ensino no Instituto Católico. Em 1927, Roma recusa o imprimatur para o livro Le milieu divin. Em 1933, Roma ordena ao Padre Teilhard que recuse toda e qualquer função em Paris. Em 1938, proíbem-lhe a publicação de L’energie humaine. Em Abril de 1941, manda para Roma a sua obra-chave, Les phénomène humain. Em 6 de Agosto de 1944 tem conhecimento de que esta obra foi recusada pela censura. Não virá a aparecer Les phénomènes humains senão depois da sua morte. Em Setembro de 1947 é convidado a deixar de escrever filosofia. Em 1948 é-lhe interdito aceitar a cátedra oferecida pelo Colégio de França. Em Junho de 1950 a censura recusa Le group zoologique humain. Em 1955 proíbem-lhe participar no Congresso Internacional de Paleontologia. A hierarquia não deixa, durante toda a sua vida, de o privar de meios de expressão. Até a sua morte, fora alguns artigos técnicos, a sua obra é apenas conhecida em fragmentos feitos ao duplicador que circulam clandestinamente.
(Garaudy, 200).”

in
Teilhard de Chardin
de Ernest Kahane
Colecção Estudo e Ensaio, Editora Delfos
Tradução de Ricardo Madeira Romão

Afinal, quanto custou o Red Bull Air Race?

Uma notícia do dia 8 de Março de 2017 reproduzia declarações do presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, recentemente detido por suspeitas de corrupção, segundo as quais a prova Red Bull Air Race, realizada nas cidades do Porto e Vila Nova de Gaia a 2 e 3 de Setembro desse mesmo ano, iria ter um custo de 6 milhões de euros. Segundo Melchior Moreira afirmou na altura, “metade do investimento fica a cargo da Red Bull Internacional e os restantes 50% [3 milhões de euros] serão “comparticipados pelas câmaras do Porto e Gaia e do Turismo do Porto e Norte”, com o apoio da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e do Turismo de Portugal (TP), no âmbito de uma candidatura a fundos comunitários.”

[Read more…]

Letter é le néante

Membros do Ministério Público da República Portuguesa anunciaram hoje em conferência de imprensa uma Greve.

[Read more…]

Sánchez Pança

A Turismo Porto e Norte e a Maçonaria

O grão mestre da Grande Loja Legal de Portugal é candidato, segundo as notícias, à presidência da Turismo Porto e Norte de Portugal, essa escola de virtudes.

Não devia.

Os maçons devem, nesta altura, afastar-se dos cargos de poder público, ou, então, afastar-se da Maçonaria.

Uma nota ao Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, que veio dar prova de vida aos jornais: quem fala não sabe. Quem sabe não fala. Se quer falar, ao menos chegue à Pedra.

Marta Soares

O senhor Marta Soares já foi uma excelente pessoa, cheia de predicados cívicos e leoninos, quando se tratava de escorraçar o Dr. Bruno de Carvalho da presidência do Sporting.

Agora é um “irresponsável” que “coloca em causa a segurança dos cidadãos” e até cometeu pecados como presidente de câmara. Só falta chamar-lhe incendiário.

A greve dos Enfermeiros

O senhor Primeiro-Ministro afirmou, hoje, no Parlamento, sobre a greve dos enfermeiros, que o “exercício do direito à greve não pode ter como consequência a morte de pessoas”, aludindo a supostas declarações de um responsável da Ordem dos Enfermeiros.

O senhor Primeiro-Ministro tem toda a razão. Sendo legítimo por princípio, o exercício do direito à greve deixa de o ser quando provoca a morte de pessoas. Tal, aliás, como o exercício do direito à cativação. Quando o governo da República cativa os recursos necessários ao funcionamento do Serviço Nacional de Saúde, induzindo com tal opção o aumento de mortes ou danos irreversíveis por deficiente ou tardia assistência, incorre numa ilegitimidade não inferior à dos grevistas que critica. É pena que ninguém lhe diga isto na cara.

A Câmara de Gaia e a Turismo Porto e Norte de Portugal

Equipamento “Tomi” em frente à Câmara de Gaia (Casa da Presidência).

Duas das empresas visadas no processo judicial que envolve a Turismo Porto e Norte de Portugal, que levou já à detenção do presidente da direcção daquela entidade pública, assim como à demissão do presidente da Assembleia Geral – o presidente da Câmara de Gaia -, são a Tomi World e a Media 360, ambas pertencentes ao mesmo empresário.

[Read more…]

8 de Dezembro, Dia da Mãe

Hoje é Dia da Mãe.
Dia da Imaculada Conceição, Padroeira de Portugal.

Imaculada Conceição, Padroeira de Portugal. Monte da Virgem, Vila Nova de Gaia.

Autarca de Gaia demitiu-se

Melchior Moreira e Eduardo Vítor Rodrigues

O presidente da Assembleia Geral da Turismo Porto e Norte (TPN) acaba de se demitir do cargo. A demissão do autarca Eduardo Vítor Rodrigues, recentemente condenado pelo Tribunal de Vila Nova de Gaia, surge na sequência da queda da direcção da TPN, cujo presidente se encontra detido.

[Read more…]

Gaia perde 400 postos de trabalho para Matosinhos

Quando exerci funções na Câmara Municipal de Gaia, uma das prioridades foi o relacionamento institucional com o governo da República Popular da China. Múltiplos projectos de cooperação foram levados a cabo, outros iniciados e muitos outros estavam em preparação. Acima de tudo, foi estabelecida uma relação de confiança que viria a permitir múltiplos benefícios para a população.

Até que alguém se lembrou, por motivos ainda mal esclarecidos, de mandar tudo por água abaixo, até com insultos diplomáticos no feicebuque. Outros tentaram expulsar-me do PS, com acusações grotescas – por falar nisso, por enquanto permaneço militante activo, as notícias eram um pouco exageradas.

O resultado de tudo isto começa a aparecer. Vila Nova de Gaia acaba de perder 400 postos de trabalho para a cidade de Matosinhos.
Tudo tem um preço e neste caso quem o vai pagar, como sempre, é a população desempregada de Gaia.

Guarda-me a vez!

Os endossos parlamentares radicam no princípio do testa de ferro. Que, por sua vez, remonta a Tubalcaim. Sem novidade, portanto.

Vila Nova de Gaia e a China

Numa altura em que Portugal recebe, em visita oficial, o Presidente da República Popular da China, vale a pena recordar o que pensa sobre o assunto o mais alto responsável do Gabinete da Presidência da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, precisamente o chefe de gabinete de Eduardo Vítor Rodrigues. São dele as seguintes tiradas, plenas de sentido diplomático:

Na China nem os mortos (e nem os vivos…) são respeitados. Só o lucro capitalista merece respeitinho”, como se pode verificar no exemplo seguinte:

[Read more…]

I Ching


A tradução mais disseminada do I Ching é, provavelmente, a inglesa. Serviu como cânone aos estudiosos ocidentais e marcou a proeminência dos ingleses no câmbio civilizacional entre o ocidente e a China.
Depois houve um alemão – amigo de Jung – que o traduziu também. Os brasileiros, da editora Pensamento, usaram essa tradução para escrever o I Ching em português.
Mas também houve um padre jesuíta, português de nome Guerra, que verteu o Livro das Mutações para a língua da terra “onde o Mar começa”.

Bem-vindo, Presidente Xi Jinping!

A era do Espírito Santo

O deputado Sérgio Sousa Pinto publicou no jornal Expresso um artigo em que discorre sobre os recentes acontecimentos de Paris, envolvendo pedrada, polícia e povo. Independentemente de se concordar ou não com o que escreve, há uma conclusão que esse artigo de imediato suscita. Sousa Pinto sabe pensar e sabe escrever, coisa que se não pode dizer da quase totalidade dos actuais dirigentes socialistas. Talvez nunca, na história do PS, tenha sido tão acentuado o grau de indigência intelectual e política, transformado que está este partido num bando de Zés Pereiras, tocadores de bombo, cuja principal virtude é não terem rigorosamente virtude nenhuma, além da que os faz tocar bombo alegremente e marchar como bonecos de corda numa procissão de falidos ideológicos. O PS é hoje esta espécie de galinheiro. Uma agremiação de criados de servir e cabeleireiras, incapazes de produzir uma única reflexão válida sobre o seu país ou o mundo, que vá além da cartilha de má propaganda do chefe, ou de umas bojardas inconsequentes sobre touradas e contadores de luz. Chama-lhe civilização. É pouco para um partido estruturante do regime. É muito pouco se tivermos em conta que do outro lado do espelho político está um saco de gatos chamado PSD, cuja genial estratégia é fingir-se morto, chegando a fingir que é morte a morte que, de facto, o atingiu.

E Portugal chegou a isto. À antecâmara da era do Espírito Santo.

E Tancos?

Mais um Panama Papers? Artistas.

O que é um Primeiro-Ministro?

Um Primeiro-Ministro não tem obrigação de conhecer o grau de coesão estrutural e solidez material de uma ponte romana da Sertã ou de uma estrada de Pitões das Júnias. Aliás, o motivo por que, normalmente, se verifica um acentuado aumento de peso e massa corporal dos cidadãos investidos nas funções de chefe de governo, reside no facto de passarem muito tempo sentados, a tratar de assuntos, e não a inspeccionar e manter pontes, estradas e viadutos, tarefas da responsabilidade de entidades públicas e funcionários com índices de massa corporal mais baixos, alguns deles com potência eléctrica de 3,4 KVA instalada em casa, a quem cabe zelar pela integridade e segurança de infraestruturas públicas e de quem as usa.

[Read more…]

Importa-se de repetir?

Imagem: Internet. Observador.

“Eu tenho que dizer isto. Passaram por aqui todos aqueles que me tentaram abater politicamente. Que tentaram, a partir do gabinete do Presidente da Assembleia Municipal [Albino Almeida], orquestrar uma estratégia de destruição pessoal do Presidente da Câmara para perder as eleições no ano seguinte [Outubro de 2017], e pior do que isso, para trazer de volta o Dr. Menezes.”

15 de Junho de 2018, Eduardo Vítor Rodrigues, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.
Declarações, devidamente registadas, proferidas em audiência do julgamento realizado no Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia, onde foi condenado, por sentença de 7 de Novembro de 2018,  pelo crime de Difamação com publicidade e calúnia.

Albino Almeida, Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia. Imagem: Expresso.

Gaia, uma lixeira a céu aberto

Vila Nova de Gaia, Quinta das Rosas, 18 de Novembro de 2018.

Uma zona habitacional situada a cerca de mil metros do centro da terceira maior cidade do país, onde é possível constatar-se que as políticas de protecção do ambiente permanecem uma “questão civilizacional”, tantas vezes tratadas exclusivamente ao nível da mera propaganda.

[Read more…]

Agência Lusa confunde Portugal com Espanha

15 de Novembro de 2018 | Notícia da Agência Lusa

A Agência Lusa decidiu, e muito bem, fazer notícia com a proposta do Partido Socialista para reduzir o IVA da tauromaquia, de certo sabendo que a orientação da senhora ministra da tutela era diferente, por questões civilizacionais.

[Read more…]

A impotência

Fonte: EDP

O senhor ministro da Transição Energética terá apelado aos cidadãos para que reduzam a potência contratada de electricidade em suas casas, de modo a poderem beneficiar da redução do IVA na energia. É a TSF que dá conta da originalidade, não é o site Bombeiros 24 – a partir de agora não há links, guardarei os printscreen para os cépticos ou litigantes.

[Read more…]

Uma imprensa livre e independente

O cidadão mais informado e menos sujeito às tão famosas “fake news”, poderá perguntar-se, olhando para a fotografia que ilustra esta página do Jornal de Notícias – edição impressa de 10 de Novembro de 2018 -, sobre o que fará o director de um jornal numa alegre confraternização com uma ministra do governo e um presidente de Câmara, gente sobre a qual ele normalmente tem que dar notícias. Ora, o que ele faz – ou, pelo menos, diz fazer -, é Filantropia.

[Read more…]

Imprensa em queda livre

Os detalhes da notícia

Imagem recolhida a 25 de Agosto de 2018

Não é fácil perceber os motivos pelos quais um prestigiado jornal como o Expresso ilustra uma notícia de 1 de Novembro de 2018 com uma fotografia obtida há vários anos. A notícia fala da “pegada ecológica” de Vila Nova de Gaia que, segundo o jornal, representa 2,9% da “pegada” portuguesa total. Mas a imagem que acompanha o texto é de uma paisagem que já não existe há vários anos. Na verdade, as árvores que se vêem na imagem publicada pelo jornal foram entretanto abatidas e o património edificado das Caves de Vinho do Porto largamente destruído. 

[Read more…]

Caro António Costa 

 

Desculpe a demora, mas aproveito o sossego desta fila de 3 quilómetros em hora de ponta para responder à sua carta aberta. 
Por respeito pelo pluralismo e amor à liberdade, subscrevo a frase habitualmente atribuída ao senhor Diamantino “que o grau de civilização de determinada sociedade pode ser medido pela forma como trata os seres humanos, principalmente as crianças.” 
Prefiro pensar que as civilizações também se distinguem pela forma como tratam as crianças. Como se distinguem pela forma como valorizam a dignidade do ser humano, a natureza ou se relacionam com o transcendente, por exemplo. 

[Read more…]

A proibição das touradas e a civilização

Consta que esta foi uma das primeiras tentativas de proibição das touradas. Remonta ao século XVI (1567) e é da autoria de um Papa. O senhor Rei D. Sebastião não terá ficado muito agradado com a ideia. Parece que o respeito pelos animais – nossos irmãos – não terá sido inventado pela excelente civilização wireless, que janta no Panteão – pratos vegetarianos, obviamente. Pelo contrário, é algo que acompanha a humanidade desde sempre. O que tem mudado profundamente é o respeito pelos rituais.

Os trabalhadores da Câmara de Gaia

Tive que deslocar-me, hoje, aos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, a fim de tratar de assuntos pessoais inadiáveis. Não posso deixar de testemunhar publicamente a competência e a afabilidade dos trabalhadores do município, que me receberam com a mesma simpatia e amabilidade de sempre. Deixo-lhes aqui o meu reconhecimento e o testemunho da sua dedicação incondicional ao serviço público.

Os dois senhores do mundo

Os dois senhores do mundo.

Remember

Enganar-se-ão os que pensem que a vertigem fascista e totalitária que vivemos se há-de manifestar através dos mesmos mecanismos que durante quase 50 anos de ditadura nos habituámos a reconhecer. Enganar-se-ão, porque aquilo que durante o Estado Novo foi uma política opressiva, censória e persecutória com origem na estrutura panóptica e fascista do poder do Estado, é nos nossos dias isso mesmo, a mesmíssima coisa, mas com origem determinável no interior do próprio indivíduo.

O totalitarismo hoje instalado em Portugal recorre aos mesmos instrumentos de opressão, censura e perseguição da ditadura salazarista, mas fá-lo com a sofisticação suficiente para que não seja já o Estado a necessitar de usá-los, projectando no próprio indivíduo, acossado pelo pavor e pela angústia, a pulsão inconsciente de se oprimir, de se censurar e de se perseguir.

Bruno Santos
5 de Novembro de 2013

O fio de Ariadne

A Civilização é um termo que procura definir o modo como ao longo do tempo as comunidades humanas se organizaram e evoluíram a partir da construção de cidades – a civitas. Um dos símbolos mais antigos da cidade, que a representa não apenas como projecção do esforço humano de organização e povoamento, mas como reflexo da relação do Homem com o mistério do mundo e o mistério de si mesmo, é o Labirinto. Na tradição que nos chega dos tempos e lugares clássicos, no meio desse Labirinto vive um Touro – o Minotauro.

[Read more…]

%d bloggers like this: