O sonho que comanda a vida

Maria da Conceição é portuguesa. Tem 32 anos e vive e trabalha há seis anos no Dubai como assistente de bordo da Emirates Airlines. Este é o seu trabalho. A dedicação coloca-a nas acções humanitárias que decidiu dinamizar num subúrbio de Daca, a capital do Bangladesh.

 

O objectivo é simples mas parece inalcançável para uma simples mulher: ajudar a tirar crianças da pobreza. A fé, dizem, move montanhas. A determinação deve fazer o mesmo.

 

Maria da Conceição, mulher, portuguesa, venceu esta noite o prémio de Mulher do Ano nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Além de ter vencido o prémio de Humanitária do Ano.

 

Mais que a vitória, o que a deixou feliz foi poder ganhar notoriedade para o seu projecto, que pode obter, assim, mais apoios e ajudar mais crianças, procurando estende-lo a outros destinos.

Não é tarefa para qualquer um.