Chamam-lhe a nova lei da cópia privada, eu chamo-lhe a lei da extorsão (acho que faz mais sentido)

Caros senhores do Governo, da SPA, Agecop e afins, posso fazer-vos umas perguntas?

Sempre me disseram que perguntar não ofende, por isso desde muito cedo comecei a fazer perguntas. Um vício que ainda não perdi. Hoje, os senhores do Conselho de Ministros aprovaram uma nova lei, uma nova versão da lei da cópia privada. Mexe com direitos de autor e, acima de tudo, mexe com o dinheiro de todos os cidadãos.

[Read more…]

Arrastão fecha as portas

Como tudo na vida, também a vida de um blog tem um fim. Digo ‘adeus’ ao Arrastão com um ligeiro sentimento de nostalgia mas sem sentimentalismos. Já foi um blog imprenscindível da esquerda mas, ao longo dos últimos tempos, perdeu fulgor e estava a mirrar.

Há uns anos atrás, frequentava-o com aguma frequência. Não diária mas pontual. Não lia tudo, mas alguma coisa. Não concordava com tudo, aliás discordava de muita coisa, mas era importante para perceber argumentos de alguma esquerda no debate de temas relevantes da sociedade portuguesa.

Agora o Arrastão fecha as portas. Até ao próximo.

Olha, em Portugal há manipulação política…

De repente parte do país descobriu que havia (há) manipulação política nas redes sociais e em órgãos de comunicação social. Um facto extraordinário. Em Portugal? Sim, em Portugal, esse país até agora imune a algo que acontece no resto do mundo.

Uns reagiram como virgens ofendidas inocentes, fazendo de conta que não sabiam de nada. Outros, inocentes, não sabiam mesmo de nada. Não sei qual destes estatutos seria o melhor. Se tivesse de optar, teria preferido ficar no leque dos últimos. Pelo menos eram inocentes puros, até alguém lhes roubar o chupa-chupa.

Esse alguém foi Fernando Moreira de Sá, que, por sinal, é meu amigo. Ao contar à Visão a sua perspectiva de um período agitado da política lusa, colocou a nu a forma como se faz política. Não apenas em Portugal. Não apenas neste momento. Em todo o mundo e desde sempre. O que mudou foram os meios.

[Read more…]

Comunidade Portuguesa de WordPress organiza 3º WordCamp no Porto

O Porto vai receber, a 9 e 10 de Novembro, o terceiro WordCamp que se realiza em Portugal. É uma iniciativa da Comunidade Portuguesa de WordPress, agendada para o Instituto Superior de Engenharia do Porto.

As duas anteriores edições foram em Lisboa, em 2011 e 2012, e esta é a primeira vez que o Porto é cenário do evento, sendo esperadas cerca de duas centenas de participantes, não só da região mas de todo o país e, eventualmente, alguns estrangeiros.

WordCampPorto_logo

[Read more…]

Os amanhãs que cantam

Por fim, vamos ter um novo chefe do Governo. O líder do partido dos contribuintes, o defensor da lavoura nacional, chegou onde sempre quis: a liderança do executivo.

O facto de ser apresentado como vice-primeiro-ministro não lhe irá diminuir a autoridade. Na realidade é Paulo Portas quem manda no Governo. E com a vantagem de não ter de responder por ele em primeira instância. Haverá melhor que isto?

paulo-portas

Vai ainda coordenar com Maria Luís Albuquerque, em quem não tem confiança, as relações com a troika. Já se sabe, pois, quem vai mandar.

[Read more…]

A realidade da política portuguesa ultrapassa qualquer ficção

Com comportamentos dignos de bobos da corte, Passos Coelho, Paulo Portas e Vítor Gaspar são os protagonistas de uma ópera bufa de terceira categoria.

Gaspar saí sem surpresa mas com estrondo e não se roga a deixar uma carta ao país onde diz que Passos é incompetente para liderar o Governo. Passos volta a não consultar o seu parceiro de coligação sobre o novo nome para a fundamental pasta das Finanças. Portas esquece-se de dizer que se o caminho for esse, então não terá outra opção que não seja a demissão. Nada diz e demite-se a 30 minutos da tomada de posse da nova ministra.

Gaspar, Passos, Portas

[Read more…]

Da lista dos beneficiários de apoios sociais aos açoites é só um passo

É tudo uma questão de linguagem. Mesmo num país tão pequeno como Portugal há aqueles pequenos detalhes que fazem com que um simples objecto para pendurar roupa seja identificado como cabide numa parte do país e de cruzeta noutra.

passos

Por isso não fico espantado quando o Governo pretende publicar a lista dos beneficiários de apoios sociais e lhe chama uma forma de promover a transparência e o controlo da despesa. O Terreiro do Paço pode ter jeito para artimanhas linguísticas, como se vê.

[Read more…]