Dominó

dominó

Depois dos ministros que querem sair e da demissão do secretário de Estado da Justiça, João Correia, hoje é a vez do director-geral da Administração da Justiça, José António Rodrigues da Cunha, se ter demitido. Como num dominó.