Quando eu for grande

Quero ser como Laura, chegar aos 83 anos e estar assim linda como ela. Ser voluntária e sentir-me feliz por continuar a ajudar as pessoas fazendo o que melhor eu souber fazer.

Conheci-a através de uma entrevista que deu para o Diário de Notícias (13 de maio), a propósito do apoio voluntário aos peregrinos de Fátima…

Quando eu for grande, e tiver todo o tempo do mundo, que se deve ter aos 83 anos, também quero ir visitar as pessoas em casa (os que moram sozinhos e não têm apoio).

Quando eu for grande como a Laura, farei tudo com grande dedicação e direi “não acho cansativo”, “faz parte da vida ajudar quem precisa”.

Laura Lacerda é médica voluntária e presidente da delegação da Figueira da Foz da Cruz Vermelha. Tornou-se na primeira mulher a presidir, em 93 anos, àquela delegação.

Parabéns, Laura.