«Políticas de Sócrates levaram país à quase bancarrota», lê-se no DN

Um certo governo, ao tomar posse, recebeu três envelopes  dados pelo anterior governo e garantindo conterem a solução para três crises. Chegada a primeira crise, foi aberto o primeiro envelope e lá constava «Culpa o anterior governo» e assim se resolveu o imbróglio. Mas eis chegada nova crise e foi preciso abrir o segundo envelope, no qual se lia «culpa a conjectura internacional». Novamente, o problema desapareceu. À terceira crise foi a vez de usar o último envelope e nele constava «escreva três cartas como estas e dê-as ao seu sucessor».