E a culpa…

Abateu um viaduto novinho em folha (inaugurado há pouco mais de um mês!) que passava sobre a A13, junto a Almalaguês. O piso da mesma A13 abateu em alguns pontos. A “culpa”, diz a imprensa, é do mau tempo. Da chuva. É extraordinário como os media têm interiorizado este mecanismo de desculpabilização de responsáveis e camuflagem de problemas. Como lhes corre no sangue esta tibieza que os afasta do núcleo das mais claras questões, não vão incomodar alguém com poder de resposta.

E, no entanto, tudo isto é tão simples. Se abater uma encosta na serra, a causa é natural. Se abate um viaduto ou o piso de uma autoestrada, a culpa – mau grado a causa eficiente possa ser o mau tempo – é de má engenharia, má concepção e má execução. Se há apenas incompetência grosseira ou dolo – acompanhado das habituais habilidades – cabe a outras instâncias decidir. E pronto.