Ri-te agora, Joe

jb.jpg

Fotografia: Pedro Catarino@Jornal de Negócios

O Jardim Tropical Monte Palace, residência fiscal de Joe Berardo, avaliada em cerca de 40 milhões de euros, foi arrestado por ordem do Tribunal do Funchal. Já só falta pagar uns 300 e tal milhões de euros e fica saldado o calote. Vai em frente, justiça portuguesa!

Comments

  1. Julio Rolo Santos says:

    Afinal, a justiça tarda mas não perdoa, sobretudo a estes rufias. Vamos esperar pelo que irá acontecer ao resto da matilha.

    • Carlos Almeida says:

      Se os pafiosos laranja tivessem continuado no poder, como o outro bandido de Boliquem queria, nem no século 22 se chegava a alguma conclusão.
      Numa coisa temos que dar valor aos do Partido de Marcelo Caetano recauchutado. São solidários entre si

  2. JgMenos says:

    Quando o sistema judicial parece aproximar-se do braço armado do julgamento político ou do julgamento popular; quando os sistema informáticos dão erro no complexo algoritmo de ‘cara ou coroa’…
    quem não se alarma bem pode ser uma próxima vítima.

    • POIS! says:

      Pois! Citando o próprio Joe:

      “Ah! Ah! Ah!”

      Como diz o povo, lá na minha terra:

      “Vígaro que não se alarma inda vai parar à cadeia a toque de arma”.

      O Menos está alarmado! Quem mais?

      Ó vígaros, aonde estais?

    • Paulo Marques says:

      Quando o sistema judicial parece aproximar-se do braço armado do julgamento político ou do julgamento popular;

      Diz quem tanto elogia Carlos Alexandre, Joana Marques Vidal e Sérgio Moro. Exerga-te, pá.

      quando os sistema informáticos dão erro no complexo algoritmo de ‘cara ou coroa’…

      Tal como no complexo algoritmo de colocação de professores (com todo o corpo docente de informática na FEUP e FCUP a rirem-se), ou no complexo algoritmo de guardarem informações fiscais. Exerga-te, pá.

  3. JgMenos says:

    Mas para a canalha o gozo sempre esteve ligado à execução sumária.

  4. JgMenos says:

    Os idiotas nunca se interessam pelos cinzentões que andaram a oferecer dinheiro para comprar acções; senten«m-nos como próximos. Idiotas e cinzentos.

    • POIS! says:

      Pois!

      Registamos a veemente declaração de desinteresse do Sr. Menos pela referida espécie de cinzentões. É um ato de pungente honestidade.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.