O Natal Ortodoxo na Sérvia

Tal como a maioria dos cristãos ortodoxos a Sérvia celebra amanhã o Natal e de acordo com o calendário juliano. Como tal, hoje assinala-se a noite de consoada ou “Badnje Veče”.
Por tradição todas as famílias têm o “badnjak”, um ramo de carvalho simples ou enfeitado com sementes de trigo e que é queimado em grandes fogueiras, numa cerimónia de inspiração pagã que tem início por volta das 18:00 e se prolonga até de madrugada (conforme foto em anexo).A queima do badnjak junta bastante gente junto a igrejas e decorre entre descargas de fogo de artifício e cânticos e orações com pedidos de um ano com alegria, paz, trabalho e saúde. Diz-se que quanto maior for o número de faíscas que o badnjak soltar, melhor será o ano.
As igrejas permanecem abertas durante a noite e vários padres vão-se revezando em diversas cerimónias. As pessoas cumprimentam-se com a expressão “Hristos se Rodi!” (Cristo nasceu!) ao qual se responde “Vaistinu se rodi!” (Sim, ele nasceu de verdade!).
Outra tradição popular é a da pšenica, um pequeno vaso com sementes de trigo por norma plantado a 19 de Dezembro para poder crescer até esta data.
No almoço de Natal, a presença da Česnica é obrigatória. Trata-se de um pão típico nesta época que é repartido por todos no início da refeição e aquele que encontrar a moeda escondida no interior terá um ano cheio de sorte. E se a dieta do dia de consoada exclui carne, ovos e produtos lácteos, o dia de Natal é marcado por mesas fartas, copos cheios e muito convívio familiar.
A árvore de Natal costuma ser montada uns dias antes da passagem de ano, as ruas encontram-se decoradas, são vários os mercados de Natal espalhados pelas cidades ou vilas e em geral o espírito é semelhante ao vivido em Portugal. Da minha parte, espero que tenham tido todos um Bom Natal ou como se diz em sérvio um “Srećan Božić”.
Nota: Por razões óbvias as celebrações deste ano ocorrem de forma bastante limitada mas ainda assim respeitando o essencial.

foto de Tanja Valic da agência Tanjug.