Ao Sair da Carruagem, a Puta da Ladroagem Roubou-me o Saco da Broa

metralhas

Era habitual na minha adolescência cantar-se isto. E foi o que me veio à cabeça quando me roubaram.

Não foi bem o saco da broa e não era bem uma carruagem, mas que a ladroagem me roubou, ai isso roubou!

Passo a explicar: Terça-feira de manhã cedo. Decidimos nesse dia não levar as crianças ao infantário e, em vez disso, levá-las a um local bem divertido. Tudo pronto para arrancarmos e o carro, velhinho, não pega.  [Read more…]