A ministra delete

Onde no blogue do Ministério da Cultura estava isto:

Tomem nota: não cultiva a hipocrisia.

Deixou de estar

A ministra deletou e deixou isto:

campanha eleitoralFicando muito pior a emenda do que o soneto. Ou usar o estado para promover o programa eleitoral de um partido pode fazer-se em pré-campanha e agora, missão cumprida, é que já não?