A impossivel subordinação

Para Paula Iturra van Emden, que me ensinou a sentir e não apenas a pensar

1. A ideia

É quase evidente, é quase uma verdade que grita, o facto dos pequenos serem educados pelos adultos como se a eles pertencessem, como se fossem da sua propriedade, até uma coisa, diria eu. Uma coisa que deve ser estruturada conforme as formas de pensar e agir dos adultos. Um dever, o estruturar, o comportamento infantil à maneira que o adulto entende o mundo. Tenho observado ao longo dos meus anos de trabalho de campo, o facto da subordinação dos mais novos aos adultos, no lar ou nas instituições para as quais são enviados para aprenderem a teoria da cultura do seu grupo social. Uma subordinação definida por mim já há alguns anos, como a sujeição sem alternativas, na medida em que o adulto ao pretender retirar ao mais novo as várias alternativas retira-lhe, assim, a capacidade de optar. Até ao ponto de existirem adultos que escrevem o que deve ser feito, e quando, para organizar o processo de subordinação que estruture a personalidade. [Read more…]