Margarida Rebelo Pinto por Margarida Rebelo Pinto

O [Jorge Luís] Borges, que é o pai da literatura moderna, diz que andamos sempre a escrever o mesmo livro. (…)

Por acaso eu acho que os homens são muito mais de Vénus do que as mulheres pensam.(…)

Comecei pela fábula, porque sou uma fanática da minha casa de férias na Comporta.(…)

Já me aconteceu várias vezes ter de começar a escrever um livro a meio de outro porque as minhas mulheres estavam a ficar demasiado neuróticas.(…)

Sei lá. Eu acho que já fiz literatura pop e agora já não faço. Estou a fazer outra coisa que ainda não sei bem o que é.(…) [Read more…]