Manifestante pegou fogo a si próprio

Eu estava a pensar se devia sentir-me culpada por não estar presente na manifestação, vendo-a apenas da TV, quando soube que, em Aveiro, um manifestante se imolou e entrou no Governo Civil de Aveiro.
 
Lembro-me de um outro manifestante, em Telavive (há um mês), que, da mesma forma, se imolou como tentativa de suicídio… O homem havia escrito uma carta:“O Estado de Israel roubou-me e deixou-me sem nada“, pode ler-se na carta, citada pelo Ynet.”Eu acuso Israel, [o primeiro-ministro] Benjamin Netanyahu e [o ministro das Finanças] Youval Steinitz pela humilhação constante a que os cidadãos de Israel se sujeitam diariamente. Eles tiram aos pobres para dar aos ricos”.
Sr. PM as coisas já chegaram a este ponto! Leia a mensagem do manifestante de cerca de 20 anos em Aveiro. Que você não venha a ser acusado de não ter feito nada para evitar outras situações como esta ou ainda piores.