Um interior deserto

círculos eleitoraisAo olhar para os resultados eleitorais fui constatando o baixo número de deputados eleitos por cada círculo eleitoral. Dois deputados por Portalegre; três por Bragança, Évora e Beja; quatro por Guarda e Castelo Branco.

Sendo o número de deputados proporcional à dimensão do círculo eleitoral, estes números, quando comparados com os quarenta e sete deputados eleitos por Lisboa ou com os trinta e nove eleitos pelo Porto, são a demonstração de um país que não aproveita o território que tem. Tanta autoestrada para servir o país e ninguém para as usar.

Diria que esta “fotografia” é o melhor instantâneo destes 37 anos de democracia. Falta saber se era o que se desejava.