O IVA poderá ir aos 25%

caso o Constitucional inviabilize mais alguma medida geradora de receitas.