Ano de viragem, para torrar mais um bocado.

viragem

 

Parece que 2015 será ano da viragem. Como já o foram, 2012, 2013 e 2014.  De cada vez que isto vira, é mais uma torradela nas nossas economias, mais impostos e mais cortes. A coisa já está preta e, se é para virar de novo, vai acabar em carvão. Não é por nada, mas todos passamos bem sem mais um ano a virar frangos.