Grunhologia

GrunhosGrunha, a estupidez bronca de parte a parte, embora empate, já ganhou a porra do campeonato.

A sessão de pontapés no congresso do PS

Ouvia eu há pouco Maria Flor Pedroso na Antena 1 relatar o congresso do PS, eram 13h15, quando a ouço dizer (cintando de memória)

Houve uma agitação que atrasou a entrada de José Sócrates, que deu mesmo numa sessão de pontapés entre o fotógrafo pessoal de José Sócrates [Ricardo Oliveira] e um operador de câmara de televisão.

Pontapés?! E ontem, novamente envolvendo Ricardo Oliveira, mais um episódio digno de um Portugal sul-americano.  Ricardo Meireles, fotojornalista, escreveu o que se segue sobre a foto de capa da DN de ontem.

Esta capa do DN fica na história negra do Fotojornalismo em Portugal.
Depois de todos os fotógrafos terem sido impedidos de captar imagens do líder do PS a uma distância digna, o “jornal do regime” publica na capa uma fotografia de José Sócrates no final do seu discurso e feita pelo único fotógrafo autorizado a estar dentro do recinto. Ricardo Oliveira, fotógrafo oficial do GABINETE DO PRIMEIRO MINISTRO, pago pelo orçamento de estado (por nós) para fazer uma foto de propaganda, apesar de ali não estar nenhum governante num acto público.

Como se tal não fosse suficiente, a foto em causa vem assinada “Ricardo Oliveira/GMP” (gabinete do Primeiro-Ministro). Isto é propaganda paga com os nossos impostos.

Controlo de quem pode fotografar e filmar o querido líder, é este o reflexo do partido que nos cospe moralidade e altos valores na cara. Estamos falados.

via