Pós-alucinado

Álvaro Santos Pereira referiu hoje que Portugal estava no pós crise,