Palavras do homem que considerou muito estranha a não recondução de Joana Marques Vidal

Cavaco Silva, ainda e sempre, comentou o facto de Joana Marques Vidal não ter sido reconduzida no cargo, acrescentando ruído à barulheira. Tendo em conta a minha pouquíssima fé nos políticos e nos magistrados portugueses agarrados a um centrão corrupto e inclinado para a direita, devo confessar-me agnóstico ou mesmo indiferente no meio desta disputa religiosa. Para que não fiquem dúvidas sobre a credibilidade de Cavaco para comentar seja o que for, copio uns vídeos que mostram o esplendor da desonestidade intelectual do homem que, infelizmente, marcou a história da democracia portuguesa. Vede e ride, que tristezas não pagam mais-valias.

 

 

 

 

 

Comments

  1. Rui Naldinho says:

  2. A gratidão fica-lhe tão bem….

  3. Carlos Almeida says:

    A “múmia paralítica” está che che.

    Nem a ratazana laranja, ex 1º Ministro, lhe passa cartão.
    Mas ele tem que defender a quadrilha do BPN, até morrer.
    Exactamente: “A gratidão fica-lhe tão bem….”