Dominicanas de todo o mundo, uni-vos

O Colégio de S. José, em Coimbra, vai fechar. A crise toca a todos, e as freiras da Ordem Dominicana de S. Catarina de Siena não conseguem dar conta dos recados, tendo optado por concentrar recursos humanos nos colégios do Restelo e do Ramalhão, o resto é paisagem. O erário publico sempre pode poupar uns trocos, em Coimbra tinham o contratozinho de associação da praxe.

Deixo aqui a minha solidariedade com estas trabalhadoras vítimas de mobilidade forçada, sujeitas como estão a voto de obediência, por vezes ainda mais doloroso do que o da castidade (“de todas as taras sexuais, não existe nenhuma mais estranha do que a abstinência“, rezava o Millôr Fernandes). Valha-lhes Catarina de Siena, santa padroeira da anorexia e madrinha desta cura de emagrecimento.