Os bandidos que ocupam o poder

Se um restaurante tem facas de cor errada, é alvo de atenção por parte da ASAE. Mas se há pessoas a morrer de cancro por causa de amianto no  edifício onde se trabalha, já o local não pode ser fechado por falta de verbas para mudanças. Que,  nos tempos de contenção que vivemos, as finanças têm que autorizar a despesa, diz o Secretário de Estado. Depois de ter havido verba para a Assembleia da República aumentar a sua própria despesa.

O Ministério do ambiente conhece o caso e sabe do amianto.  Há 19 casos de cancro confirmados em funcionários da Direção-Geral de Energia mas o Secretário de Estado disse que não se pode estabelecer uma relação causa-efeito.

Eu tenho uma ideia, sr. Secretário de Estado. Já que não há verbas e não havendo causa-efeito, vão estes trabalhadores para o seu gabinete e vai vossa excelência para o edifício com amianto. Com certeza que não tem nada a opor, pois não?