Os Encarregados de Educação, essas pragas

4 anos de intoxicação da opinião pública, por parte de um Ministério da Educação lamentável, deu este resultado: os Encarregados de Educação julgam-se donos das escolas.

Vão para os Conselhos de Turma questionar os métodos dos professores, pôr em causa as regras na sala de aula e na escola, acusar todos aqueles que, na sua visão redutora, são demasiado exigentes para os meninos. Ainda por cima, em vez de serem representantes dos Encarregados de Educação, representam apenas os seus próprios educandos e não falam de outra coisa que não os filhos.

Para cúmulo, muitas vezes são professores.

Se fosse o defunto Secretário de Estado Pedreira, diria que, quando se dá uma bolacha a um rato, ele a seguir pede um copo de leite. E depois dá nisto!