A “interioridade” segundo Dulce Pontes

É perder o avião Bragança-Lisboa. O facto de Bragança ser acessível unicamente* por uma auto-estrada 4 com portagens não a preocupa. Só aos milhares de pessoas prejudicadas diariamente por essa única estrada de combate à “interioridade“, como diria Aníbal Cavaco Silva.
* a menos que se ouse considerar a EN 15 um acesso a Bragança.