Não ajude, que é pior

Um dos filmes mais divertidos de sempre é de certeza “O mundo é um manicómio (“Arsenic and old lace”), de Frank Capra. Nele se conta a história de Mortimer Brewster,  um solteirão inveterado, que, depois de anos a pregar contra o matrimónio, acaba por render-se aos encantos da filha de um pastor e resolve casar-se. Logo a seguir ao enlace, faz uma visita aos familiares mais próximos que lhe restam, as suas tias, duas adoráveis velhinhas que se dedicam à caridade e ao chazinho das cinco.

Mas uma vez na casa das tias, Mortimer começa a encontrar cadáveres escondidos por todos os recantos e descobre que as piedosas tias lamentam tanto a sorte dos velhos sem família, que recebem como hóspedes na sua casa, que decidem abreviar essa solitária velhice com um copo de vinho temperado com uma pitada de arsénico. [Read more…]