Ela tem um projeeeeeeeecto

Tenho andado ocupadérrima, mas numa lufa, lufa… que nem dá p’ra descrever! Foi por isso que nem deu p’ra escrever qualquer coisinha… tá a ler? É que, sei lá, pus-me a pensar porque que é que ninguém pensa nos problemas dos pobrezinhos e essas coisas ( eu também ainda não tinha pensado )? De repente veio um flash… tá a ler? E se eu me pensasse ?… é isso: pensasse nos pobrezinhos (é assim que se escreve? ou é com s? ) “prontos” também não importa, afinal são só pobrezinhos, não é ? Já é muito bom eu pensar neles, olhem só de pensar neles ficam logo menos pobrezinhos, porque pensar em alguém já é uma riquezaaa, não acham? Assim como pensar em apadrinhar alguém de … sei lá um país paupérrimo, cheio de gente paupérrima, a gente nunca manda nada, porque dá uma trabalheira ir aos correios e essas coisas, mas “prontos” pensa, pensa e só por pensar eles todos ficam-nos monteees de agradecidos!

Não era disto que queria escrever. Queria informar-vos sobre um projecto, importantíssimo, interessantíssimo, explendidíssimo! Eu vinha reparando que ultimamente ninguém me convida para nada, nadica, népias. “Bem se calhar aquela desbocada da Tábata deu em espalhar que eu tinha menos dívidas que ela… ” – pensei eu –  “estou queimadinha, vão ficar a pensar que não prevejo grandes rendimentos para os tempos mais próximos“. Fiquei, p’ra morrer! Foi então que bateu a ideia: vou pensar nos pobrezinhos! Delineei logo um projecto: um “refúgio de montanha”, com comida, lareira e paus, para pobrezinhos que quisessem esquiar no fim-de-semana. [Read more…]