PS – Patronato Socialista

Governo decreta serviços mínimos para greve na Ryanair

WTF, ou como se diz em português, que merda é esta?

Serviços mínimos? Não há mais companhias aéreas?

Dêem a maioria absoluta ao Costa se têm curiosidade em conhecer o pequeno tiranete em todo o seu esplendor. Os direitolas poderão achar que a investida se limitará a cortar nas bandeiras dos esquerdalhos. Esperem até o ronaldo das finanças vos enrabar.

Já agora, a um ritmo de uma revisão por ano do Código do Trabalho, desde 2009, isto vai parar onde? Ao ponto em que o horário de trabalho dos portugueses seja “60 horas por semana“, ou o que calhar? E isto promulgado em pleno Agosto, a meio do golpe do fura-greves e a 2 meses de eleições. Há cada coincidência.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Então o estado deve ou não deve interferir na economia privada? Algum capitalista que me esclareça, sff.

  2. Anonimus says:

    Pergunta honesta

    O governo pode decretar serviços mínimos numa empresa privada, em regime concorrencial?
    Ainda num sector não essencial (como seria energia, abastecimento de água, …)

    • estevesayres says:

      é só seguir, o que o governo, esta a preparar (boicotar) a greve dos trabalhadores numa companhia de aviação. Os trabalhadores, já entregaram o pré-aviso de greve,.
      O Governo esta danadinho para fazer mais uma requisição civil. a pedido do patrão!?
      Isto é que é um governo de esquerda, com o apoio das suas muletas (PCP, BE e PAN), tutelado por Marcelo (afilhado)…

  3. Fernando says:

    Putin é culpado, ameaçou o melhor “socialista” de todos os tempos António Costa!

    Se Costa não alinhasse com os patrões, os trolls russos encheriam a net com memes contra o Costa, e Costa certamente perderia as eleições, tal como foi feito com a melhor “socialista” de todos os tempos Hillary Clinton.

    Coitados destes “socialistas”, eles bem querem servir os interesses dos trabalhadores mas Putin não os deixa…..

  4. adelinoferreira45 says:

    Serviços Minimos, ora vejam:

    SERVIÇOS MÍNIMOS A 100%
    Assegurar um voo diário Lisboa-Paris, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos, com excepção da quinta-feira em que são dois. Ou seja, serviços mínimos de 100% ou de 50% na quinta-feira.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Berlim, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.
    Assegurar um voo diário Porto-Colónia, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Londres. quando a Ryanair tem quatro voos diários com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 25%.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Ponta Delgada, quando a Ryanair tem apenas dois voos diários com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 50%.
    Assegurar um voo Lisboa-Lajes nos dias 21, 23 e 25 de Agosto, quando a Ryanair tem apenas um voo com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.

  5. adelinoferreira45 says:

    SERVIÇOS MÍNIMOS A 100%
    Assegurar um voo diário Lisboa-Paris, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos, com excepção da quinta-feira em que são dois. Ou seja, serviços mínimos de 100% ou de 50% na quinta-feira.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Berlim, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.
    Assegurar um voo diário Porto-Colónia, quando a Ryanair tem apenas um voo diário com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Londres. quando a Ryanair tem quatro voos diários com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 25%.
    Assegurar um voo diário Lisboa-Ponta Delgada, quando a Ryanair tem apenas dois voos diários com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 50%.
    Assegurar um voo Lisboa-Lajes nos dias 21, 23 e 25 de Agosto, quando a Ryanair tem apenas um voo com estes destinos. Ou seja, serviços mínimos de 100%.

  6. MOliveira says:

    O Costa é um Sócrates sem maioria absoluta. Depois desta receita de domesticação, vão começar a aparecer os projectos, as obras, as PPPs, porque a central de negócios socialista tem muita gente para alimentar e não pode desperdiçar dinheiro com esses trabalhadores reles que pedem coisas.


  7. E a gente não pode deixar de começar a ligar algo que paira no ar e que já vimos passar-se ao longo da História.

    Há aqui qualquer coincidência que começa a moldar-se – O sr advogado Pardal Henriques, o movimento zero das forças policiais e não só, o museu Salazar e o “Sieg Heil!” repetido no hotel Sana, alugado pelo Mário Machado para debater o “espaço Schengen”.

    Pode ser esta mania da teoria da conspiração que não me larga, caro J. manuel cordeiro, mas a verdade é que uma qualquer extrema direita e outras coisas quaisquer parecem não perdoar um governo com apoio parlamentar de partidos de esquerda.

    O Passos Coelho dizia que vinha aí o Diabo. Não era por certo este o Diabo que pode estar aí a vir……

    Voltemos aos clássicos. Com a ajuda do Sérgio Godinho.
    Espero estar com alucinações…..ou ser do ventoooo…..

    • Ana A. says:

      Tão triste, estas letras estarem sempre actuais e serem tão necessárias para acordar os “velhos” (os jovens de então) e alertar os jovens de hoje!

      É que nada está garantido!

  8. nuno says:

    Os ppd’s a espumar com a digestão por fazer…
    Ide tomar Rennie…que a azia já dura há 4 anos!

    • Dora says:

      Os “ppd’s” ou outros não constituem “O” perigo.

      “O” perigo que se sente é diferente da mera e até compreensível “azia” que faz parte da política, goste-se ou não.

      Ele é muito mais do que isso.

      Como a Ana A. escreveu, “…nada está garantido”.
      Reforço a ideia com esta outra: “A tolerância democrática acaba onde começa a sua destruição.”

    • Carlos Almeida says:

      A existência mesmo residual de um partido, cuja base social está no Marcelismo, do principio dos anos 70, e a eu que chamo o Partido do Marcelo Caetano recauchutado, é a “garantia” de que a direita não pense noutras vias mais musculadas.
      Enquanto os políticos do centrão lhes garantam o domínio económico, para eles está tudo bem, seja isso realizado pelo PPD/PSD, seja pelo PS.

    • Anonimus says:

      O Nuno enganou-se, pensa que está num blog que fala de bola

      • Dragartomaspouco says:

        Esse Nuno é outro. O problema desse é que o Corticeiro,Amorim já morreu

      • Paulo Marques says:

        O Anonimus enganou-se, esse é um problema de justiça criminal.

        • Dragartomaspouco says:

          Foi na “mouche”.
          O tio Américo faz cada vez mais falta.
          Era o melhor jogador da equipa.

          • Dragartomaspouco says:

            Nesses inesquecíveis tempos, o dinheiro à fartazana, até dava para ter na 5 de Outubro, uma “casa de meninas” para os VIP, xistras e outros amigos do coração.
            O poder da cortiça era muito grande e a “madame Reinalda” muito poderosa.

          • Paulo Marques says:

            O que é isso comparado com o tráfico de droga, a calotice e controlar o secretário da tutela? Nem dá para comprar jogadores da mesma competição para que continuem a jogar pela mesma equipa com mais motivação.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.