Os gajos do apito

ES.jpg

Edward Snowden, o whistleblower, foi ontem saudado por uma multidão em êxtase, na Websummit. Já Rui Pinto, o whistleblower, continua preso e enfrenta a versão mais feroz e célere da frágil justiça portuguesa. Sorte a do Snowden, que não se meteu com o Benfica ou com a Doyen, ou nem por videoconferência o deixavam entrar em Lisboa.

Comments

  1. Coitadinho. says:

    Tadinho, não andou a extorquir dinheiro a ninguém nem nada.
    Coitadinho.

  2. Paulo Marques says:

    São épocas, se o tivesse feito uns aninhos antes, ou se não conseguisse fugir, também era uma besta esquecida numa célula, ou a fazer companhia ao Epstein.
    Mas, digamos, o Rui Pinto sabe-se vender muito melhor, mas nem é um anjo, nem é um diabo. A ver vamos as provas e atenuantes, embora provavelmente só depois do ECJ.
    Já o facto de ninguém ligar aos crimes a sério a lembrar a máfia que tornou públicos é que é a parte patética do país, enquanto o secretário de estado ainda lá anda a fazer clubismo.

    • Paulo Marques says:

      E, não se esqueça, é um génio porque sabe seguir instruções básicas para encriptar um disco… sigh.

  3. Rui Naldinho says:

    Não sei qual a estranheza do João. Nem percebo onde possa estar a descriminação. Só se for na temática!
    Como parece intuitivo, se o hacker Edward Snowden tivesse descoberto alguma coisa sobre o Benfica e a Doyen, predispondo-se a falar ou a abordar o assunto naquele fórum, nem o convidavam.
    Onde é que está a dúvida?

    • Dragartomaspouco says:

      “descoberto alguma coisa sobre o Benfica e a Doyen”

      Curiosamente, o dono da Doyen, é amigo pessoal do Alexandre Pinto da Costa,


  4. Realmente, que injustiça! O Snowden, apesar de odiado em todo o mundo, é um herói nacional nos Estados Unidos, país que sabe muito bem homenagear os seus heróis. Tem até como se sabe uma estrela no passeio da fama em Hollywood e falou para a Web Sumit de Lisboa da sua bela mansão em Los Angeles que comprou com o dinheiro que recebeu de ter divulgado dados oficiais. Portugal: põe os olhos e aprende com os americanos!

    • Paulo Marques says:

      Nem há um candidato a presidente que enquanto vice andou a telefonar aos aliados com ameaças em caso de asilo político nem nada.

  5. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Eu fico pasmado com a defesa pública de extorsores e ladrões. Simplesmente pasmado… E insistem…
    E quando se “futeboliza” a novela, todos percebemos porque se defende o Rui Pinto… Há uma “lei de incompatibilidades”, pois logo se fala de um clube, omitindo-se outros…
    Fico à espera que um dia destes veja aqui a defesa de Salgado, Sócrates e outros por hábitos de ladroagem praticados …

    • Rui Naldinho says:

      Bom dia, Ernesto

      Apesar de concordar com quase tudo o que escreve, este é um daqueles temas, em que acho que o meu caro está a analisar o fenómeno Rui Pinto de forma apaixonada.
      De facto Rui Pinto, como hacker cometeu uma ilegalidade. Pela nossa lei, isso enquadra um crime. E deve ser julgado e condenado por isso. Não façamos dele um herói.
      Agora, o que se pergunta, é se tendo descoberto alguns outros crimes, de corrupção, por exemplo, de evasão fiscal, de transferência indevida de capitais, ao vasculhar a vida do Benfica, do Sporting, da Doyen, de Salgado, eu sem lá quem mais, se isso não deva ser investigado, e caso seja motivo grave, levado à barra dos tribunais?
      Aquilo que me parece é a qualquer pessoa que se marimba para o futebol, é que se meter clubes de bola, ninguém mexa. Mas se no futebol, for o Benfica o visado, uma instituição que detém quase metade dos aficionados, então ainda menos.
      Este caso faz-me lembrar de certa forma o caso Sócrates. Querem-no na cadeia, mas deixam a cáfila de marmanjos corruptores, que gravitaram à sua volta, quase todos banqueiros, CEO’s lobistas, livres, depois de também eles terem contribuído para a falência do país.
      Assim não vamos nunca sair disto!

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Bom dia Rui.

        Penso que não terá ido correctamente o que escrevi ou então, não fui claro.

        Curiosamente, depois de o ler atentamente, não tenho dúvidas que temos exactamente a mesma opinião sobre a matéria e que se divide em:

        1 – O homem cometeu um crime – daí eu saltar sempre que pretendem fazer dele um Robin dos Bosques. Nunca me viu, nem verá defendê-lo, ataque ele quem atacar.
        2 – Em muitas coisas que escrevi sobre o personagem, e isto é público, sempre defendi – e continuo a defender – que não devemos separar o crimes do criminoso e julgá-los, a ambos, nas instâncias próprias.
        Logo, partilho a sua opinião que é julgar os crimes cometidos pela “nuvem” na qual o criminoso entrou. Exactamente da mesma forma.

        Não me viu aqui, seguramente a defender Rui Pinto – que considero um criminoso, nem a branquear os alegados e eventuais crimes da “nuvem” onde ele “surfou”.

        Manifestei-me só e apenas pelo facto de ver pessoas esclarecidas, como o autor do post, a tratar Rui Pinto como um “mártir”.
        Concordo consigo que o facto de se associar este caso aos clubes, sejam eles quais sejam, é, de facto, meio caminho andado para não se avançar.

        E acredite, Rui, que a minha única paixão é por essa figura, desaparecida do nosso país, a que se chama justiça. E nem nos dias de nevoeiro ela aparece … 🙂

        Um abraço.

    • Paulo Marques says:

      Alegado extorsor e tão ladrão como o outro…
      Dito isto, como já disse, não são muito comparáveis, mas a estória ao futuro pertence.


  6. é o benfiquistão e o respeitinho, afinal o Benfica ficou grande no tempo do respeitinho e quando Coimbra era a grande cidade universitária portuguesa, e como é mais fácil partir um hábito do que matar um tradição coltoral portuguesa, Rui Pinto está a sofrer as consequências disso, é triste!!!

  7. Fernando says:

    Também podia ser assim:

    “Tony Blair, o criminoso de guerra, foi ontem saudado por uma multidão em êxtase”

    Para quem não sabe o criminoso de guerra Tony Blair também esteve na “Websummit”.

    Uma das coisas que ele defendeu é que não se cumpra a decisão democrática (Brexit) do povo britânico.

  8. Dragartomaspouco says:

    Caro João

    Faço uma correcção ao titulo.

    Gajos do apito, não. Gajo do apito e dourado.

    Basta ver como os portistas assumidos defendem o rapazola, que dá para perceber o dedo do “Gangster do Viagra” , também conhecido pelo “Bimbo da Bosta” neste assunto.
    Então a antiga Eurodeputada até mete dó e lhe fica mal.

    • Paulo Marques says:

      Ainda estou à espera da ligação do rapaz à SAD e ao Pinto da Costa. Vai-se a ver e ainda aparecem os dois no processo Marquês, enquanto o orelhudo continua a fugir aos impostos.

      • Dragartomaspouco says:

        Aguardemos para quando o Pinto Junior começar a falar.
        Podemos todos ter uma surpresa. Afinal de contas o Pinto Senior, foi avisado por um “bata preta” para fugir para Espanha, quando as provas se acumulavam.
        É tudo uma questão de dinheiro, mas com a força que o lobbi do apito dourado o está a defender, alguma coisa existirá, senão não estavam tão preocupados.

        • Paulo Marques says:

          Preocupados só vejo funcionários… perdão, contribuidores a troco de dinheiro da instituição. A mim só me preocupa o rol de violações do estado de direito.
          Se acabasse a indústria do desporto estava o mundo muito melhor.

      • Dragartomaspouco says:

        Porque será que só os portistas assumidos ou não, defendem este pequeno criminoso, que mais não é que um avençado.
        Claro que depois quis fazer uns trabalhos por conta dele e espalhou-se ao comprido
        Resta provar quem lhe paga a avença. Provar, porque saber quem é, toda a gente sabe. Basta a defesa que tem, para se poder concluir quem é que está por detrás.

        • Paulo Marques says:

          Ah, bom, a estratégia Robespierre. É tudo culpado, prendam-nos todos que depois se encontra qualquer coisa. Um dia. As revelações? Epah, é tudo gente boa por uma excelente causa, não interessa.
          Entretanto, o contínuo desastre europeu é só uma coincidência.

    • anticarneiros says:
      • Paulo Marques says:

        Portanto, a conspiração é… orgãos de comunicação social revelarem notícias. Lápis azul com essas bestas todas.

  9. Demagogia says:

    Obrigado João Mendes! Rico servicinho acaba de me prestar!!!

    O João Mendes quando toca ao futebol, lá se lhe vai o discernimento todinho (ou então não, o que é pior!)…

    O Snowden é um whistleblower, a diferença é que o Rui Pinto, não. O Snowden não tentou extorquir os donos da informação que divulgou, como fez o Rui Pinto, que ainda por cima, a que divulgou foi a troco de dinheiro.

    Portanto se um é denunciante e o outro um ladrão chantagista…. O que o João Mendes aqui faz é simplesmente demagogiazinha barata!

    • Paulo Marques says:

      Sabe que pode ser um whistleblower e extorsor, certo? É que nada foi desmentido.
      Minto, foi desmentido que pessoas a receber um salário são funcionários. Apaguem tudo!

  10. Paulo Marques says:

    É extraordinário que a instituição até tem gente para vir ao Aventar fazer comentários e votações, como se ninguém notasse que não tem nada de acaso.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.