As redes sociais não servem para nada

Depois deste apelo (que já andava espalhado no Facebook), vem agora a boa notícia. No ano 2000 muitas aves protegidas teriam morrido. Viva o séc. XXI.

Respeito pela natureza ou desportos náuticos?

José Freitas

escaroupim

É aqui, junto a este mouchão em que nidificam quase todas as espécies de garças existentes em Portugal e o único sítio de Portugal onde nidifica a ìbis negra, que se irão realizar provas do campeonato nacional de motonáutica a 20 e 21 de Junho, em plena época de nidificação.
O Município de Salvaterra de Magos apoia a prova. Incompreensivelmente o mesmo Município que ignora a existência da ilha ou que não faz nada para a proteger. Apoia com o argumento básico de que os visitantes vão consumir e deixar dinheiro no concelho.
A lei proíbe e pune a perturbação de ninhos de espécies protegidas. É o caso. Estamos portanto perante uma ilegalidade evidente.
O mais caricato é que o concelho lucraria muito mais se promovessem a importância ecológica do Escaroupim, não durante dois dias assassinos para as aves, mas durante todo o ano, para os amantes da fotografia e observação de aves.
São políticas que não se entendem… básicas, curtas, sem visão, distorcidas da realidade. Quem paga? os contribuintes que veêm o seu dinheiro esturricado em palhaçadas e as centenas de crias de especies protegidas que morrerão caso a prova se realize.
Partilham muita coisa que publico… gostava de ver isto partlhado. Quem sabe não chegará a alguém com o bom senso de parar com este atentado.
A foto foi tirada ontem. Algumas centenas de ninhos já estão a ser construídos. Milhares de ìbis negra e garças (cinzenta, branca, branca grande, colhereiros, gorazes, boieiras…) chegam ao final de cada dia para pernoitar. É um espectáculo da natureza à porta de casa…

Adenda: Petição disponível aqui.