Desde ontem,

as portuguesas estão a trabalhar de graça. A propósito de equidade salarial.