Fraude em Mesão Frio 2:

O caso de Mesão Frio, que o Aventar denunciou em primeira mão (AQUI) e que foi um dos temas da imprensa online e da televisão HOJE, demonstra o grau zero da nossa política.

 

São inúmeros os casos relatados na queixa apresentada pelo PSD local. Num deles, ao que o Aventar apurou, foram ultrapassados todos os limites: um idoso, em estado vegetativo e sem o consentimento da respectiva família, foi levado a votar pela funcionária da Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio, funcionária que é mulher de um dos candidatos do Partido Socialista. Por sua vez, o Provedor da Santa Casa foi candidato pelo PS.

 

Não sei o que vai decidir o Tribunal Constitucional mas gostava de saber o que pensa o Secretário-geral do Partido Socialista sobre o assunto e, já agora, a opinião dos responsáveis da Santa Casa. É para isto que o dinheiro dos nossos impostos vai, aos magotes, para a Santa Casa?

Mesão Frio: Última Hora!

O Tribunal Constitucional aceitou a queixa do PSD de Mesão Frio que alega fraude eleitoral nas últimas eleições autárquicas, que perdeu por 7 (sete!) votos.

 

O PSD de Mesão Frio, câmara que ainda lidera, alega (entre outros factos) que o Presidente da Santa Casa da Misericórdia de Mesão Frio (candidato do PS) "levou" os velhinhos a votar e que estes votaram acompanhados – só um acompanhou 10 utentes da dita, votando por eles com a particularidade de ser funcionária da Santa Casa e esposa do 3º da lista do PS numa das freguesias.

 

Ou muito me engano ou isto ainda vai dar que falar!!!